De olho em 2022, Pacheco comunica ao DEM que vai se filiar ao PSD

Presidente do Senado deve ser o candidato da legenda ao Palácio do Planalto no ano que vem
-Publicidade-
Rodrigo Pacheco aceitou o convite de Gilberto Kassab e vai se filiar ao PSD
Rodrigo Pacheco aceitou o convite de Gilberto Kassab e vai se filiar ao PSD | Foto: Marcos Brandão/Senado Federal

O destino do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), parece mesmo estar traçado para 2022 — e deve passar pela disputa ao Palácio do Planalto. O parlamentar já comunicou aos dirigentes de seu atual partido, o Democratas (que recentemente se fundiu ao PSL, formando uma nova legenda, o União Brasil), que se filiará ao PSD, partido comandado pelo ex-prefeito de São Paulo e ex-ministro Gilberto Kassab.

A ideia do PSD é lançar Pacheco à Presidência da República no ano que vem. Kassab acredita que o atual comandante do Congresso Nacional teria condições políticas de se viabilizar como o possível nome da autoproclamada “terceira via”, com capacidade de furar a polarização entre Jair Bolsonaro e o petista Luiz Inácio Lula da Silva, que aparecem à frente nas pesquisas de intenção de voto.

Segundo informações da colunista Bela Megale, do jornal O Globo, Pacheco comunicou sua decisão pessoalmente à cúpula do DEM. O senador é aguardado em um evento do partido neste fim de semana, no Rio de Janeiro. “Será uma honra se ele vier”, afirmou o prefeito do Rio, Eduardo Paes, também recém-filiado ao PSD.

-Publicidade-
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.