Defensor do lockdown, FHC admite que é hora de reabrir a economia

Tucano participou de evento promovido por sindicatos ligados à CUT
-Publicidade-
O ex-presidente apoia medidas de isolamento
O ex-presidente apoia medidas de isolamento | Foto: JF Diorio/Estadão Conteúdo

Defensor do isolamento social contra a covid-19, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (FHC) reconheceu que é hora de o mercado de trabalho voltar a funcionar. “Temos de pensar nos trabalhadores porque há muito desemprego no Brasil. Eu diria que a questão fundamental é reabrir a economia de modo tal que ela possa permitir que tenhamos trabalho e renda”, declarou, no sábado 1°, em evento promovido por entidades sindicais ligadas à Central Única dos Trabalhadores.

Em março deste ano, o tucano defendeu medidas restritivas radicais de enfrentamento do coronavírus. “Ao ver o que está acontecendo, o incremento no número de mortos e o contágio, eu acho que nós temos que ir para o lockdown. Deve ser o mais curto possível, mas esse possível depende do que esteja acontecendo na saúde pública e com as pessoas. Tem que ser bem feito, não adianta fazer pela metade porque o vírus passa de um para outro”, declarou, em entrevista à rádio Bandeirantes.

Leia também: “BNDES e Cielo fecham parceria para ajudar pequenas e médias empresas”

-Publicidade-
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

26 comentários Ver comentários

  1. Daria melhor figura se vestisse seu pijama listrado, passasse suas tardes assistindo a Globolixo e parasse de dar palpites! Já basta ter indicado quem indicou para o STF, que inferniza o país sempre que pode!

  2. falou obviedades e platitudes e os debilóides de esquerda(fabiana e marxista) dão espaço midiatico na vã esperança de que ele tenha algum apelo às massas.

  3. FHC poderia ter sido o ponto de equilíbrio nessa tensao entre os que ganharam e governam e os que perderam e querem acabar com tudo. Tinha prestígio pra ficar neutro e ser uma voz de conciliação, dada sua condicao de ex-presidente. O DNA falou mais alto e optou pela militância. Triste fim pra quem já foi visto como grande estadista. Uma pena se aliar à escória pra combater o governo atual. Errou feio e sai dessa como insignificante.

  4. Em tom de ironia, o finório finado Paulo Henrique Amorim cunhou a expressão Farol de Alexandria quando o assunto girava em torno de FHC. O deboche decerto caiu-lhe como uma luva. Hoje, como uma velha lamparina, ele tenta iluminar nossos passos de volta à mesma trilha perigosa que quase nos levou ao abismo.

    1. Ele cumpre o papel de ser porta-voz das atitudes da esquerda. Os comunas já perceberam que o lockdown não deu certo, e o ganho político foi para JB, que é o único que pode fazer dinheiro. Para mim, é um calaboca para os militantes comunas qdo os governadores mudarem de política. Ah, acabar com lockdown foi ideia do FHC, vão dizer.

  5. Minha régua e saber se o seu bem estar, a renda que favorece o seu bem estar, vem de onde? Se for só do Estado, como é o caso desse sr. alguma coisa tá muito errada.

  6. Esse ainda é uma das péssimas pessoas que possuem alguma voz ativa!
    Marginal retornado pela nefasta Lei da Anistia, que introduziu massivamente a ideologia marxista no meio estudantil, imprensa e dos artistas, com início na compra de votos no Congresso!

  7. E o que mudou pra esse FDP mudar de opinião? Esses caras se acham muito espertos, que a gente é trouxa, por isso o PSDB nunca mais vai levar a presidência, e nem PT!

    1. Realmente, algo está estranho. Uma coisa é certa: ele está pouco se lixando prós desempregados. Qual o lucro político que vai tirar disto? Talvez tenha compreendido, tardiamente, que o lockdown foi um tremendo tiro no pé da esquerda.

  8. Esse esquerdopata é mesmo um safado, estudou às custas de nossos País e fodeu o sru País.
    Usou Lula como poste e se mantém na mídia, intrometendo em tudo o que desconhece.
    Canastrão que se aposentou aos 39 anos, não têm o direito de dar pitaco por aqui.

  9. Vá caçar um rosário para rezar, FHC! Você enganou o pobre do brasileiro por dois mandatos, e deixou-nos, como herança maldita, Gilmar Mendes, hoje ditador do essetêefe. Sua hora já passou, careta.

  10. O FHC surfou no plano real, do qual ele não participação em nenhum parágrafo. Seu “mérito”, foi deixar implementarem.Na sequencia , como alguém que surfa só em ondas boas, quando o mar ficou um pouco agitado, já não sabia mais o que fazer. Não deu outra. Com toda a máquina na mão, não conseguiu eleger o seu candidato na sucessão.

  11. Interessante a fala na segunda parte do texto, dizer que se fizer o lockdown tem que ser bem feito, daí já podemos concluir que o FHC não tem a mínima idéia do que está falando, pois falar em algum procedimento governamental bem feito no Brasil é como se o Pablo Vittar fosse considerado cantor, simplesmente não condiz com a realidade na bananolândia, nada por aqui pode ser bem feito, brasileiro no geral é um ser lambão de natureza! Kkkkk

      1. Imprescindível lembrar que o Plano Real foi implementado pelo ex-Presidente Itamar Franco e não por FHC, como pensam alguns.

    1. Oportunista, fala o que é óbvio porque sabe que ninguém mais quer Lockdown
      Como falar em Lockdown que gera desemprego em pleno dia do trabalhador?

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.