Deltan Dallagnol renuncia ao Ministério Público Federal

Ex-coordenador da Lava Jato em Curitiba deve entrar na vida política e se filiar ao Podemos, que também receberá Sergio Moro
-Publicidade-
Deltan Dallagnol deixou o Ministério Público Federal e deve entrar para a política
Deltan Dallagnol deixou o Ministério Público Federal e deve entrar para a política | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O ex-coordenador da força-tarefa da Operação Lava Jato em Curitiba, Deltan Dallagnol, decidiu renunciar ao seu cargo no Ministério Público Federal (MPF). A tendência é que ele entre para a política, disputando uma vaga na Câmara dos Deputados nas eleições de 2022. As informações são da jornalista Eliane Cantanhêde, de O Estado de S. Paulo.

Em setembro do ano passado, Dallagnol se afastou do comando da Lava Jato na capital paranaense, em meio às repercussões do vazamento de suas mensagens e de outros integrantes da força-tarefa que foram obtidas por hackers.

Segundo a publicação, a expectativa no mundo político é que Deltan se filie ao Podemos, partido que abrigará o ex-ministro da Justiça e ex-juiz Sergio Moro. Até o momento, o procurador não se manifestou oficialmente.

-Publicidade-

Dallagnol é formado em Direito pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) e tem mestrado pela Universidade de Harvard, nos Estados Unidos. Ele entrou para o MPF em 2003.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

12 comentários Ver comentários

  1. Tenho dúvidas se fez o certo, mas, muito provavelmente, hipoteticamente, está sendo perseguido dentro do MPF… Deve ser divido por partidos lá dentro… Somente ele sabe, o que está passando. Eu confio no senhor.

  2. Isso aí é extrema direita, pro golpe militar e contra a democracia e com esse discurso de contra a corrupção e liberdade de expressão, Hipócritas!!!

  3. Veio da Havan, Maurício do volei, agora Dallagnol, acho que a coisa começa a tomar corpo, para que enfim deixemos de ser o país do futuro e, passar a ser do presente, que venham outros do mesmo nível.

  4. Olha, tiramos o EXECUTIVO do conluio entre os 3 poderes em 2.018.
    Entendo que a renovação mais importante – POIS TEMOS URGÊNCIA – é desse SENADO CORRUPTO, e em qualquer praça que esse camarada se habilitar dá de balaiada. Aqui em MG seja bem-vindo.
    No Congresso a renovação continuará, com alguns deslizes como foi o caso do Aécio que conquistou o foro privilegiado.
    Como não mudamos essa constituição comunista de 1.988; como o aparelho não nos dá o DIREITO de uma eleição com todas as garantias de que não haja fraude; como a maioria dos nossos eleitos nos traiu, sentam-se em cima do foro privilegiado, e deixam os seus 11 presidentes do STF agirem como querem, nos resta ATENTOS irmos resgatando os melhores valores, que se atrevem a enfrentar essa “onça” , a exemplo de alguns poucos cidadãos que tem lutado pelo Brasil.

  5. O MPF perde um excelente Promotor. Mas, o povo do Paraná e o Brasil, ganha um representante na Câmara Federal, se confirmado. Ele mostrou ser um homem de caráter. Povo do Paraná, dêem apoio a este homem!

  6. Que ele tenha sucesso na política. O Brasil precisa urgentemente renovar seu quadro político. Já passou da hora de botarmos pra fora esses político corruptos que infestam o congresso nacional.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.