Depois de investigação, Dimas Covas deixa o comando do Butantan

Tribunal de Contas do Estado identificou irregularidades em contratos sem licitação que somam pouco mais de R$ 160 milhões

A Oeste depende dos assinantes. Assine!

-Publicidade-
O então presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas, durante um seminário promovido pelo Grupo Lide, de João Doria, em São Paulo - 17/10/2022 | Foto: Aloisio Mauricio/Estadão Conteúdo
O então presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas, durante um seminário promovido pelo Grupo Lide, de João Doria, em São Paulo - 17/10/2022 | Foto: Aloisio Mauricio/Estadão Conteúdo

O médico hematologista Dimas Covas demitiu-se do cargo de presidente do Instituto Butantan. A saída se deu há duas semanas, mas só veio à tona na quarta-feira 30. A queda de Covas ocorreu em meio a uma investigação do Tribunal de Contas do Estado (TCE) em contratos do Butantan.

No início do mês, o TCE identificou irregularidades em contratos sem licitação que somam pouco mais de R$ 160 milhões feitos pelo Butantan com uma empresa de programas de computador. A análise de técnicos do TCE sugerem riscos de superfaturamento no processo, conforme o jornal Folha de S.Paulo.

Segundo o Butantan, a decisão foi tomada em outubro, antes das notícias, não havendo ligação. “O médico hematologista Dimas Covas deixou o Instituto Butantan porque assumiu o cargo de diretor-executivo na Fundação Butantan, instituição de direito privado que apoia o Instituto”, comunicou o Butantan.

-Publicidade-

Apuração do TCE contra o Butantan

Os acordos na mira do tribunal foram firmados com a empresa SAP Brasil Ltda entre 2021 e 2022 para implantação e licenciamento de sistema integrado de gestão empresarial na fundação e são válidos por cinco anos. A contratação ocorreu no modelo inexigibilidade de licitação.

Técnicos do TCE consideraram a contratação de risco elevado por uma série de motivos: possibilidade de superfaturamento, eventuais falhas no processo de execução e a possibilidade do retorno do investimento ficar abaixo do custo contratado. O órgão, então, cobrou explicações do Butantan, que ainda não protocolou suas respostas.

Leia também: “A conta chegou”, artigo de Silvio Navarro publicado na Edição 114 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

20 comentários Ver comentários

  1. O país não precisa de heróis! O país precisa do povo pra sobreviver! Mesmo que exista alguns heróis, sem o povo não há reconhecimento. Muitos só apareceram para serem reconhecidos. Eu acredito em um país que não precisa de líderes. Acredito em um país que precisa de CORAGEM de assumir o seu protagonismo MUNDIAL. Se um dia formos um GRANDE NAÇÃO. Não será necessário líderes. Será ainda necessário o mesmo POVO. Que hj está na frente dos quartéis. Que estão TRABALHANDO pra manterem suas casas e familiares. Para os EMPRESÁRIOS que assumiram que lado estão. É PRA ESSE PAÍS QUE DOU A MINHA VIDA EM TROCA DE UM FUTURO. Se ainda tiver GENTE FORTE DE CORAGEM PRA BATER DE FRENTE COM ESSA ESCÓRIA QUE ESTÁ ACABANDO COM O NOSSO FUTURO. CONTE COMIGO. EU POSSO AQUILO QUE EU ALCANÇO. A MINHA FÉ ALCANÇA AQUILO QUE EU NÃO VEJO MAS ACREDITO. EU ACREDITO NO IMPOSSÍVEL. ENTÃO A MINHA FÉ É MAIS FORTE QUE A MINHA FORÇA QUE AINDA TENHO PRA LUTAR. Se um dia vencermos será pq NÃO DESISTIMOS. CONTEM COMIGO PRA TUDO SEMPRE.

    1. .* Valderico vai dar sim o Dorybâmby já dá na Disney e este Bruno tem tudo para ser o novo sinistro da Saúde da quadrilha … o Brazilzim taéfu … e eu só rindo, frescando e comendo pica.nha kkkkkkk faz o “L” otários.

  2. …este é o grande camarada, grande irmão do Doria calça. Caso o TCESP em conjunto com a Polícia Federal investiguem, com solicitação de quebra de sigilos (bancário/telefônico), a casa do Doria vai cair. O calça apertada se mandou para os EUA e já afirmou que não retornará ao Brasil tão cedo. Por que $erá?

  3. Aquela preocupação “comovente” com a vida estava impulsionada por contratos milionários,sem licitação e provavelmente superfaturados.Agora,entendi.

  4. A sujeira dos “limpinhos” começarão a aparecer. Ai está porque calcinha apertada leva aos EUA os ministros do STF. Lá na frente o obterá perdão, caso cheguem até ele as investigações

  5. É só a pontinha do tapete…..ja estão se antecipando (TCU) pois sabem que o Tarciso com sua equipe vão fazer uma limpeza desses vermes…..então não vão ter como esconder o que está muito explicito…..caso contrário ja teriam resolvido este assunto com uma bela pizza…….

  6. Não importa. A tropa demoníaca que votou 13, que considera Alexandre de Moraes um estadista e que Doria é o segundo advento do Messias que salvou a humanidade do apocalipse do vírus criado em laboratório pelo Bozo por meio do elixir chinês não liga para essa bobagem chamada corrupção. O que importa é a narrativa e Dimas Covas desempenhou muitíssimo bem seu papel nesse teatro macabro.

  7. Canalha!

    Quantas vidas de brasileiros esse verme vendeu para a China?

    Na minha família, foram 5 idosos que morreram “imunizados” pelo placebo que ele e o Doria empurraram para o governo federal através de uma campanha de marketing criminosa. Como é que um ser humano consegue dormir depois disso? Alguém na equipe dele no Butantan é humano? Isso foi um genocídio.

    Não esqueceremos.

  8. Esse é mais um nome que, juntamente com o Dória, emporcalharam a imagem do outrora prestigioso Instituto Butantan. Conseguir confiança e prestígio leva anos de bons trabalhos, mas perdê-los pode ser obra de uns poucos em muito pouco tempo.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.