Depois de mensagem de Bolsonaro, presidente do PL pede demissão de diretoria do Banco do Nordeste

Instituição financeira tem um contrato de aproximadamente R$ 600 milhões com uma ONG
-Publicidade-
Logotipo do Banco do Nordeste | Foto: Reprodução
Logotipo do Banco do Nordeste | Foto: Reprodução

Depois de ser questionado pelo presidente Jair Bolsonaro, o presidente nacional do PL, Valdemar Costa Neto, pediu a demissão de toda a diretoria do Banco do Nordeste. A atual direção do banco foi indicada pela legenda.

“Fui surpreendido na sexta-feira à noite com WhatsApp do presidente da República me questionando se eu tinha conhecimento no Banco do Nordeste, que tinha um contrato lá de aproximadamente R$ 600 milhões com uma ONG”, afirma em vídeo divulgado na segunda-feira 27.

Leia mais: “Bolsonaro anuncia licença para construção de linhão que ligará Roraima ao sistema elétrico”

-Publicidade-

Diante disso, Costa Neto pediu ao Palácio do Planalto a demissão de toda a diretoria do Banco do Nordeste — que ocupa os cargos públicos justamente por indicação da legenda.

“Achei uma barbaridade um banco contratar uma ONG por R$ 600 milhões por ano, aproximadamente. E isso há muitos anos. Quando eles entraram no banco, já existia esse contrato, e nós não tínhamos conhecimento”, disse.

Valdemar Costa Neto foi condenado e preso em 2012 por corrupção passiva e lavagem de dinheiro a sete anos e dez meses no processo do mensalão do governo Lula.

Banco do Nordeste

O Banco do Nordeste divulgou nota de esclarecimento na terça-feira 28 dizendo que o contrato de parceria com o Inec (Instituto Nordeste Cidadania), que operacionaliza os programas de microcrédito do banco, está em “conformidade com a legislação vigente”.

O banco afirmou que a parceria com a ONG existe desde 2003, quando o processo de expansão do programa de microcrédito do banco se iniciou.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

10 comentários Ver comentários

  1. Vai dizer q a sebosíssima alma do “presidente” Waldemar Costa Neto, desconhecia o alcance de 600 milhões nas burras do BNB ? Ogoverno de Bolsonaro ainda está minado por sacripantas do tipo. Máxime a vicepresidência da República sob mando do melancioso Mourão. Porca miséria !

  2. Mais uma vez Bolsonaro, DE LONGE o melhor PBR da história da República, dá exemplo e nos ajuda a limpar o Brasil da sujeira da corrupção.

  3. Será que esse banco não consegue arregimentar umas 10 pessoas ao custo de R$ 100.000,00 para distribuir microcrédito? Ou será que precisa ser formado em Harvard para analisar concessão de microcrédito? Como é fácil saquear esta Nação.

  4. Tem que privatizar imediatamente Banco do Nordeste, Banco da Amazônia, Banco do Brasil….Um estado enxuto é a panacéia universal para todos os males do Brasil !

  5. Seu Waldemar se cuida, já foi preso e continua tentando dar golpe ? E vai na imprensa pregar moralidade ? A mídia n perdoa e todos sabem sobre ser caráter. Se cuida Waldemar

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.