Depois de Moraes impor multa, Daniel Silveira decide colocar tornozeleira

Deputado já deixou as dependências da Câmara
-Publicidade-
Deputado Daniel Silveira no plenário da Câmara dos Deputados | Foto: Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados
Deputado Daniel Silveira no plenário da Câmara dos Deputados | Foto: Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados

O deputado Daniel Silveira (União Brasil-RJ) decidiu na noite desta quarta-feira, 30, recolocar a tornozeleira eletrônica, após o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, fixar multa caso ele não acatasse a decisão.

O valor definido na manifestação de Moraes foi de R$ 15 mil. O anúncio foi realizado por Daniel Silveira pouco depois do final da sessão plenária, a jornalistas, na Câmara dos Deputados.

-Publicidade-

Na mesma decisão, o ministro também determinou que o Banco Central bloqueie as contas bancárias ligadas ao parlamentar para garantir o pagamento da multa.

Após decidir usar tornozeleira, o deputado deixou as dependências da Câmara. Pouco antes, em entrevista à Jovem Pan, disse que as novas medidas impostas por Moraes são de um “homem fraco”.

“Quando ele faz isso, sequestro de bens, tentar bloquear conta, R$ 15 mil por dia… Eu não não tenho caixinha de corrupção, eu não tenho secretaria, eu não tenho carguinho aqui e acolá, então é o meu salário”, declarou.

Daniel Silveira continuou: “Se vai tentar atingir a minha família, eu não vou mais me submeter a isso, quer dizer, eu vou ter que me submeter a uma ilegalidade”.

“Você vê que ele não tem limite, ele é um trem desembestado e parece que abestado também, parece que não conhece bem da legislação, então fica lá, banca com a toga dele e desrespeita todos os deputados”, declarou.

“Vai ter aquele monte [de jornalistas], que a gente já conhece os nomes, que vai botar manchete: ‘Deputado perdeu para o Alexandre de Moraes’. Ninguém perdeu não, quem perdeu foi ele, na própria frustração.”

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.