Depois de revelações sobre o 5G chinês, Kátia Abreu ataca Araújo

Senadora chamou o ministro das Relações Exteriores de "marginal"
-Publicidade-
Kátia Abreu preside a Comissão de Relações Exteriores do Senado
Kátia Abreu preside a Comissão de Relações Exteriores do Senado | Foto: José Cruz/Agência Brasil

A senadora Kátia Abreu (PP-TO) reagiu neste domingo, 28, às revelações que o chanceler Ernesto Araújo fez sobre um almoço que teve com a parlamentar no início deste mês. Segundo o ministro, a congressista sugeriu que ele fizesse acenos ao 5G chinês para se tornar o “rei do Senado”. Neste ano, haverá o leilão da tecnologia no Brasil. Entre os concorrentes está o Partido Comunista da China, interessado em abocanhar o mercado através do gigante de tecnologia Huawei. “O Brasil não pode mais continuar tendo, perante o mundo, a face de um marginal. Alguém que insiste em viver à margem da boa diplomacia, à margem da verdade dos fatos, à margem do equilíbrio e à margem do respeito às instituições. Alguém que agride gratuitamente e desnecessariamente a Comissão de Relações Exteriores e o Senado Federal”, declarou Kátia Abreu, em nota divulgada à imprensa.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.