Depois do STJ, outro tribunal é alvo de ataque ‘hacker’

Criminosos invadiram e adulteraram 'site'
-Publicidade-
Foto: Divulgação/TJRS
Foto: Divulgação/TJRS | Foto: Divulgação/TJRS

Criminosos invadiram e adulteraram ‘site’

depois do stj
Não se sabe se o ataque tem ligação com o ocorrido no STJ | Foto: Divulgação/TJRS
-Publicidade-

O Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul (TJRS) foi alvo de um ataque hacker. Em comunicado, o TJRS informou que os bandidos invadiram e adulteraram o hotsite informativo do sistema de processo eletrônico E-proc. Contudo, não houve comprometimento do sistema, já normalizado. A Direção de Tecnologia da Informação e Comunicação do TJRS assegura que os processos e outros bancos de dados do Judiciário do Estado não foram atingidos.

“O problema já foi corrigido, com o reforço de proteção para impedir novos acessos, bem como medidas já foram adotadas para rastrear a autoria do ato”, garantiu o órgão, na quarta-feira 11. O TJRS não é o primeiro a ser atacado por criminosos do submundo da internetOeste noticiou que o Superior Tribunal de Justiça teve roubados processos judiciais e documentos sigilosos, depois de um ciberataque. O bandido já foi identificado.

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

6 comments

    1. Sinceramente eu não tenho certeza se os nossos tribunais são confiáveis, visto o que está acontecendo com o inquérito das “fake news”. Quanto aos eleitorais eu não confio.

  1. e tem gente que ainda acredita na manipulação das urnas eletrônicas. Faz tempo que a gente fala que o problema são os computadores dos tribunais superiores (eleitorais). Tá sendo provado isto agora.

  2. fiz o meu cadastro no e-titulo ontem…as informações solicitadas para cadastro podem ser compradas nos camelôs que ficam ao lado do metro no Largo da Carioca no Rio de Janeiro…não existe nenhuma verificação de e-mail ou telefone (mensagem enviada para você confirmar)…é uma vergonha…com esse pretexto da modernidade, nós “seremos os EUA” nas eleições de 2022…se colocarem voto por celular, qualquer hacker pode invadir o TSE e mudar os votos…se já invadiram o STJ!

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site