-Publicidade-

‘Deveríamos reduzir gastos dos poderes’, diz Lasier Martins

Senador destacou que a hipótese segue enfrentando 'muita resistência'
Senador Lasier Martins (Podemos-RS)
Senador Lasier Martins (Podemos-RS) | Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

O senador Lasier Martins (Podemos-RS) voltou a defender nesta quarta-feira, 10, a ideia de que, para ajudar a diminuir o rombo nas contas públicas, os poderes deveriam diminuir seus gastos. Ele destacou, no entanto, que a hipótese segue enfrentando “muita resistência”.

A Oeste, o parlamentar, que é titular da Comissão Mista de Orçamento, considerou a prorrogação do auxílio emergencial “inevitável” e disse que o enxugamento da máquina pública poderia ajudar a bancar a proposta.

Leia mais: “TSE rejeita ações do PDT contra Bolsonaro”

“Eu sou da opinião de que deveríamos também reduzir gastos nos poderes, como aqui mesmo no Congresso Nacional, nos tribunais superiores, no Tribunal de Contas, nos ministérios. Seria uma maneira de socorrer os mais carentes”, disse o senador.

Lasier Martins também defendeu a aprovação das reformas e disse que, na visão dele, a mais urgente é a administrativa, pois alivia o peso da máquina pública. O senador destacou que as reformas precisam ser aprovadas neste ano, já que em 2022, ano eleitoral, a discussão fica mais difícil.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

3 comentários

  1. So uma pergunta por que a revista oeste nao perguntou a esse traste o que ele fez para beneficiar os gaucho ah eu sei ele fez nada pq ele nao passa deum capacho do grupo RBS filial da globo lixo esse lasie nao vale ok come nao passa de um traira do povo gaucho ainda bem que ta terminado o mandato dessa tralha que nao se elege mais nem para sindico de predio aqui no sul

  2. Falar em diminuição de gastos dos órgãos governamentais ou é muita ingenuidade ou muita esperteza, visando ganhos eleitorais. Até meu gato de estimação sabe que para equacionar de forma decente essa questão são necessárias revogações de inúmeras normas legais, além da vontade política e espírito público dos beneficiários. Um órgão que não se envergonha de mandar publicar edital para fornecimento de lagostas, vinhos premiados, camarões e outros produtos que tais, acaso tem espírito público???

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês