Dia da Consciência Negra: sindicatos fazem protesto contra Bolsonaro

Organizadores sustentam ser preciso 'superar o racismo'
-Publicidade-
Atos estão previsto para ocorrer hoje
Atos estão previsto para ocorrer hoje | Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

O Dia da Consciência Negra será usado por sindicatos para se manifestarem contra o governo Bolsonaro neste sábado, 20.

Segundo os organizadores, o objetivo é “lutar pela igualdade racial, vida, democracia, e enfrentar o desemprego, a carestia e a fome.”

-Publicidade-

As centrais sindicais sustentam ainda que o Poder Executivo “apoia a violência e a discriminação contra negros.”

“Superar o racismo é uma exigência fundamental para a construção de uma sociedade democrática e justa”, argumentaram, em nota.

Signatários do comunicado do Dia da Consciência Negra

O documento é assinado pela Central Única dos Trabalhadores, Força Sindical, União Geral dos Trabalhadores, Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil, Nova Central Sindical de Trabalhadores, Central dos Sindicatos Brasileiros, CSP-Conlutas, Central da Classe Trabalhadora, Central do Servidor e Intersindical Instrumento de Luta.

Leia também: “O jogo do gigante”, reportagem publicada na Edição 58 da Revista Oeste

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.