-Publicidade-

Dilma critica polícia de MG e recebe resposta sincera

Corporação admitiu: não entendeu frase divulgada pela ex-presidente
Dilma no dia em que comungou a mandioca com o milho | Foto: REPRODUÇÃO/NBR
Dilma no dia em que comungou a mandioca com o milho | Foto: REPRODUÇÃO/NBR | dilma rousseff X pm de minas gerais

Corporação admitiu: não entendeu frase divulgada pela ex-presidente

dilma rousseff X pm de minas gerais
Dilma no dia em que comungou a mandioca com o milho | Foto: REPRODUÇÃO/NBR

Ex-presidente da República, Dilma Rousseff tentou criticar a ação da Polícia Militar de Minas Gerais em Campo do Meio. Desde o meio da semana, a cidade do sul de Minas Gerais é palco de operação de reintegração de posse em terreno invadido há mais de duas décadas pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST).

Leia mais: “PSL tenta construir bloco de apoio ao governo, mas presença de PTB é incerta”

Diante da situação, a petista resolveu bancar a analista de segurança pública. Dessa forma, acusou a PM mineira de promover “ação truculenta”. O todo da mensagem disseminada por Dilma, contudo, não foi devidamente compreendido pela equipe de redes sociais da corporação.

“A própria PM está filmando e exibindo a sua ação truculenta contra os moradores do Quilombo Campo Grande, em Minas”, publicou a ex-presidente em seu perfil no Twitter. No caso, os policiais negaram qualquer atitude truculenta. Afirmaram, por exemplo, que manifestantes agiram dessa forma, inclusive ateando fogo no terreno invadido.

“Literalmente, um ato de guerra híbrida”

Pessoa que já comungou a mandioca com o milho e falou da evolução das “mulheres sapiens”, Dilma foi além de meramente criticar o que considerou um trabalho errático por parte da polícia. “Isto significa, literalmente, um ato de guerra híbrida e ação fascista”, publicou a sucessora de Lula.

Como resposta, o perfil da PM de Minas Gerais foi direto: “não entendemos o que a senhora quis dizer.”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

17 comentários

  1. Essa terrorista q assassinos um soldado, viaja o tempo todo pelo mundo com o nosso dinheiro, quase destruiu a Petrobras e arruinou as contas do país precisa pagar pelos seus crimes.

  2. Como isso aí foi parar na Presidência da República é algo que jamais entenderei. Deus nos livrou desse mal chamado esquerda, agora temos só que fazer nossa parte e ficamos vigilantes para nunca mais voltar

  3. Guerra hibrida praticada por força militar uniformizada em ação ostensiva? Era melhor que essa energúmena voltasse a estocar vento e saudar a mandioca!

  4. Essa “filhxdilmxplutx” ainda continua por aí… falando as tolices de sempre.
    Não fosse o fato de que vive às custas de nossos suados impostos, até seria divertido, por que ao menos seria uma maneira de jamais nos esquecermos da esparrela de que nos livramos. Mas o problema é que a comediante sai caro…! E além de tudo é um insulto à sociedade que uma assassina, ladra, incompetente e estúpida como é esta criatura ande por aí à solta falando e fazendo o que quer!

  5. Dilma não nos surpreende, surpreende mesmo é meu ex ídolo FHC, ter dito que, “Dilma é uma pessoa honrada, ela não esteve envolvida diretamente nos escândalos da Petrobras”. Que vergonha ter sido tucano e admirado esse liberal, que aparentemente fora da politica, escreveu os “diários da presidência”, para nos contemplar com a sinceridade de quem jamais voltaria. Neles muito nos revela de sua personalidade e atos praticados. Mas, ressuscitou politicamente para condenar o governo Bolsonaro, a ponto de pedir sua renúncia, “para nos poupar de um longo processo de impeachment”. Parece que esqueceu novamente o que escreveu. Não estou fazendo publicidade dos seus “diários”, mas curiosamente consultem passagens que contem seus comportamentos com os outros poderes e instituições, que ora tentam condenar em Bolsonaro.

    1. Estou lendo o.primeiro dos volumes dos “Diários” e lá lemos passagens em que FHC expressa o q pensa de certas figuras do congresso, q agora ele finge não lembrar, e da falta de patriotismo de muitos desses congressistas, q estão lá para mercadejar. Também lemos o q ele acha de boa parte da mídia brasileira, e não é nada elogioso. Mas, parece, q agora ele também finge que não escreveu nada.

      1. Pois é Pérsio, vamos aguardar o que mais ele condena em Bolsonaro para revelar o que ele “confessou” que fez. Se parar de criticar Bolsonaro e se recolher, não é necessário revelarmos e respeitaremos sua sinceridade, caso contrario teremos que pedir a Moro que leia os diários de FHC e ouça entrevistas do Lula após ser solto, ao jornalista Leonardo Sakamoto da UOL, para se atualizar e parar de tentar incriminar Bolsonaro, e todo seu governo de coisas e nenhum governo anterior teria feito, exigindo ao decano Celso a expor a famosa reunião de 22/04 para denegrir todo o governo.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês