Dilma critica polícia de MG e recebe resposta sincera

Corporação admitiu: não entendeu frase divulgada pela ex-presidente
-Publicidade-
Dilma no dia em que comungou a mandioca com o milho | Foto: Reprodução/NBR
Dilma no dia em que comungou a mandioca com o milho | Foto: Reprodução/NBR

Corporação admitiu: não entendeu frase divulgada pela ex-presidente

dilma rousseff X pm de minas gerais
Dilma no dia em que comungou a mandioca com o milho | Foto: REPRODUÇÃO/NBR
-Publicidade-

Ex-presidente da República, Dilma Rousseff tentou criticar a ação da Polícia Militar de Minas Gerais em Campo do Meio. Desde o meio da semana, a cidade do sul de Minas Gerais é palco de operação de reintegração de posse em terreno invadido há mais de duas décadas pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST).

Leia mais: “PSL tenta construir bloco de apoio ao governo, mas presença de PTB é incerta”

Diante da situação, a petista resolveu bancar a analista de segurança pública. Dessa forma, acusou a PM mineira de promover “ação truculenta”. O todo da mensagem disseminada por Dilma, contudo, não foi devidamente compreendido pela equipe de redes sociais da corporação.

“A própria PM está filmando e exibindo a sua ação truculenta contra os moradores do Quilombo Campo Grande, em Minas”, publicou a ex-presidente em seu perfil no Twitter. No caso, os policiais negaram qualquer atitude truculenta. Afirmaram, por exemplo, que manifestantes agiram dessa forma, inclusive ateando fogo no terreno invadido.

“Literalmente, um ato de guerra híbrida”

Pessoa que já comungou a mandioca com o milho e falou da evolução das “mulheres sapiens”, Dilma foi além de meramente criticar o que considerou um trabalho errático por parte da polícia. “Isto significa, literalmente, um ato de guerra híbrida e ação fascista”, publicou a sucessora de Lula.

Como resposta, o perfil da PM de Minas Gerais foi direto: “não entendemos o que a senhora quis dizer.”

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site