Donos de restaurantes processam Estados e municípios por lockdown

Proprietários querem indenização
-Publicidade-
O próximo passo será questionar impostos cobrados durante o isolamento
O próximo passo será questionar impostos cobrados durante o isolamento | Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

A Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) ingressou na Justiça com ações civis públicas em 26 Estados, mais o Distrito Federal, e nos 275 municípios em que tem associados. Os alvos: prefeitos e governadores. Conforme a entidade, os processos reivindicam reparação dos governos em razão dos lockdowns.

“O Estado impôs uma regra, o fechamento, e essa imposição trouxe perdas. Então, ele é responsável”, declarou Paulo Solmucci, presidente da Abrasel, em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo, na quinta-feira 10, ao mencionar que o próximo passo será pôr em xeque a cobrança de impostos durante o confinamento.

-Publicidade-

Fechamento de comércios

O mais recente levantamento realizado em maio pela Abrasel estima que 40% dos restaurantes especializados em comida a quilo fecharam no país devido à crise econômica provocada pelas medidas restritivas. O Brasil tinha cerca de 200 mil estabelecimentos desse tipo antes da epidemia de coronavírus; hoje, tem 120 mil.

Em regiões com grande concentração de escritórios, o isolamento e o grande número de pessoas em home office reduziram o movimento nos estabelecimentos. Segundo a Abrasel, os restaurantes por quilo ou self-service, que tinham grande procura antes da crise, atualmente têm menos de 10% do movimento pré-pandemia.

Na capital paulista, 12 mil bares e restaurantes deixaram de existir desde que o coronavírus desembarcou no Brasil. Antes de as autoridades decretarem o “fique em casa”, o setor contabilizava 1,8 milhão de empregados. Agora, os registros mostram que 400 mil pessoas perderam seus postos de trabalho.

Leia também Lockdown e toque de recolher são inconstitucionais, afirma desembargador”

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

8 comments

  1. FAZEM MUITO BEM!!! ATITUDE DIGNA DE APLAUSO!!! A MAIOR PROVA DE QUE LOCKDOWN É CONVERSA PARA BOI DORMIR, OU ENTÃO O CÉLEBRE “ME ENGANA QUE EU GOSTO,” É O FATO DE QUE DÓRIA, TAMBÉM CONHECIDO COMO CALÇA APERTADA, FOI FLAGRADO EM HOTEL DE LUXO, TOMANDO SOL À BEIRA DA PISCINA E SEM MÁSCARA E RODEADO POR PESSOAS TAMBÉM SEM MÁSCARA! ENQUANTO ISSO, DESEMPREGADOS SEM SABER COMO ALIMENTAR A FAMÍLIA, EMPRESAS FECHANDO POR DÍVIDAS QUE NÃO CONSEGUEM PAGAR E PESSOAS SENDO HUMILHADAS NAS RUAS POR NÃO PORTAREM MÁSCARAS OU POR QUEREREM TOMAR SOL!!!

  2. Deveriam cobrar dos “gestores” irresponsáveis.
    Queria que o Doriana fizesse um “corpo a corpo” para confirmar sua aprovação junto aos cidadãos, daria manchetes maiores do que o Macron!

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site