Governador João Doria amplia restrições em São Paulo

Estado volta à fase amarela sob justificativa de que os casos de coronavírus aumentaram
-Publicidade-
O governador de São Paulo, João Doria (PSDB) | Foto: BRUNO ESCOLASTICO/PHOTOPRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
O governador de São Paulo, João Doria (PSDB) | Foto: BRUNO ESCOLASTICO/PHOTOPRESS/ESTADÃO CONTEÚDO | O governador de São Paulo, João Doria (PSDB) | Foto: BRUNO ESCOLASTICO/PHOTOPRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Estado volta à fase amarela sob justificativa de que os casos de coronavírus aumentaram

doria
O governador de São Paulo, João Doria (PSDB) | Foto: Bruno Escolastico/Photopress/Estadão Conteúdo

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou nesta segunda-feira, 30, que o Estado vai regredir à fase amarela do plano de contingência do coronavírus. Com a decisão, comércios e serviços voltam a funcionar menos horas por dia. Segundo o tucano, a medida se justifica devido aos aumentos de casos de covid-19. Atualmente, a capital se encontra na fase 4, verde, a mais branda, assim como as regiões de Campinas, Sorocaba e Baixada Santista, totalizando 76% da população do Estado. Outra parcela da Grande de São Paulo está na fase 3, a amarela. Ao todo são cinco fases estipuladas pela gestão do tucano.

-Publicidade-

Leia também: João Doria, o Che Guevara da Daslu, artigo de Guilherme Fiuza publicado na edição n° 36 da Revista Oeste

Considerando os critérios do governo, na fase amarela, salões de beleza, bares, restaurantes, academias, parques e atividades culturais (com público sentado) podem continuar abertos, mas com restrições. Esses estabelecimentos comerciais, incluindo comércio de rua, shoppings, academias e prestadores de serviço poderão funcionar por dez horas (na fase verde, eram 12 horas). Outro setor que será impactado é o das atividades culturais, que só são autorizadas pelo governo a partir da fase verde (4). Caso não haja mudança nos critérios, teatros, museus, bibliotecas e cinemas podem ser forçados a interromper suas atividades.

O que muda

1) Academias de esporte de todas as modalidades e centros de ginástica terão capacidade de ocupação máxima limitada de 60% para 30% do local e o horário reduzido de 12 para dez horas. Serão permitidas aulas e práticas individuais, mas aulas e práticas em grupo serão suspensas.

2) A ocupação máxima de shopping centers, galerias, comércio e serviços passa de 60% para 40% da capacidade e o horário de funcionamento será reduzido de 12 para dez horas por dia.

3) Praças de alimentação devem ser ao ar livre ou em áreas arejadas.

4) O consumo local em restaurantes ou bares deve funcionar somente ao ar livre ou em áreas arejadas, a ocupação máxima passará de 60% para 40% da capacidade do local e o horário de funcionamento fica restrito a dez horas diárias.

5) Ocupação máxima de salões e barbearias passa de 60% para 40% da capacidade e o horário de funcionamento encolhe de 12 para dez horas por dia.

6) Eventos, convenções e atividades culturais com público em pé voltam a ser proibidos.

Matéria em atualização

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

18 comentários Ver comentários

  1. Gente esta na cara que o primeiro turno da eleição foi fraudado (veja o comportamento das pesquisas, para o preparo da fraude). O resultado
    do 2º turno mostra isto claramente, pois apesar do voto “inutil”(para
    evitar a desgraça total que seria o “Bolo”) o Bruno “Sepultura” perdeu
    para as abstenções e os votos brancos e nulos.

  2. Esperem logo mais pelo lockdown. Não precisava ser vidente para alertar por aqui que isso aconteceria, que foi o que fiz. Agora, povo de São Paulo, CHUPA QUE A CANA É DOCE.!!! Mais que merecido, tiveram a oportunidade de expulsar o PSDB, que é um partido de esquerda, mas deixaram para o segundo turno o sujo e o mal lavado. Agora engulam!!!

  3. Vai São Paulo!
    Agora é cova! Cavaram, que se enterrem então!
    Que dilema no segundo turno, hein!?
    Inteligência suprema a dos paulistanos!
    Nem com o Stálin dando a dica da galinha depenada vocês aprendem!

  4. O ESTADO DE SÃO PAULO, DESDE O INÍCIO DA PANDEMIA, É AQUELE QUE APRESENTA O MAIOR ÍNDICE DE CONTAMINAÇÃO E MORTES EM TODO O PAÍS!!! DIANTE DISSO, É DE PERGUNTAR ONDE FICA O CONHECIMENTO CIENTÍFICO E A CAPACIDADE DE GESTÃO DESSE GOVERNADOR???!!! QUE TIPO DE QUALIFICAÇÃO TÊM ESSE GOVERNANTE E SUA EQUIPE PARA DETERMINAR O FECHAMENTO DE QUALQUER COISA???!!! EM QUE ESSES DESLUMBRADOS CONCORRERAM PARA AMENIZAR OS EFEITOS DA PANDEMIA NO ESTADO???!!! DE ONDE TIRAM SEUS NÚMEROS???!!!

  5. Nenhuma surpresa vindo do ditador que se espelha na “ciência” para exercer sua vocação totalitária e esquerdista. Lamentável.

  6. Chupa paulistanada….quem põe logo dois esquerdistas de uma vez no segundo turno.. .. é coisa de quem tem vocação pra tomar no cx….
    Tá falado!

      1. Lorena, nem Covas nem Boulos! Artur falei, França e até o Levi seria melhor opção q essas duas pragas. É questão de enxergar um pouquinho alem do nariz. Agora, também acho que o STE meteu a mão pra não deixar nenhum desses chegar no 2o. Turno com o Covas. FUI…

      1. Chupa paulistanada….quem põe logo dois esquerdistas de uma vez no segundo turno.. .. é coisa de quem tem vocação pra tomar no cx….
        Tá falado!

      2. O boiola já tinha isso em mente. Pode aglomerar pra votar no Bruno, depois prende todo mundo. Ainda bem que o povo paulistano não cai mais nos delírios da barbie comunista. Ele não tem mais o respeito de ninguém, pelo contrário, toda população se sente enojada com suas atitudes mesquinhas. Ninguém vai parar de trabalhar.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.