Doria anuncia retorno do Estado de SP à fase vermelha

Medida vale para o Natal e o réveillon; nesse estágio, ampliam-se as restrições
-Publicidade-
O governador João Doria | Foto: Governo do Estado de São Paulo
O governador João Doria | Foto: Governo do Estado de São Paulo | Doria - defendeu - ação - Polícia

Medida vale para o Natal e o réveillon; nesse estágio, ampliam-se as restrições

doria avalia pôr o
Somente comércios essenciais (como padarias, mercados e farmácias) poderão funcionar
Foto: Divulgação/Governo do Estado de São Paulo
-Publicidade-

Nos dias 25, 26 e 27 de dezembro e nos dias 1°, 2 e 3 de janeiro, o Estado de São Paulo retornará à fase vermelha do plano de contingência da covid-19. A medida foi anunciada nesta terça-feira, 22, pela equipe do governador João Doria (PSDB-SP), em coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes. A justificativa é “conter o avanço do coronavírus”. Dessa forma, somente comércios essenciais (como padarias, mercados e farmácias) poderão funcionar entre o Natal e o réveillon. Bares e restaurantes, por exemplo, ficarão fechados.

Além disso, durante o mês de janeiro, haverá uma “trava” que impedirá que o Estado avance à fase verde, que é mais branda nas medidas de isolamento. Na segunda-feira 21, o jornalista e colunista de Oeste Augusto Nunes criticou durante o programa Os Pingos nos Is, da Rádio JovemPan, a forma como os governantes estão lidando com o surto do vírus chinês. “O comportamento dos governantes diante da pandemia de coronavírus escancara a mediocridade dos líderes mundiais”, lamentou.

Leia também: “Doria descumpre regra imposta por Doria”

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

17 comments

  1. E enquanto isso o Governador está descansando. Será que quando acabar suas férias ele vai fechar todos nós hotéis. E a fala dele que a Covid estava regredindo em SP? HIPÓCRITA!

      1. Será sim destruído nas urnas,os paulistas o detestam.Fim de carreira.

      2. Como o Covas seria, né? Sem sarcasmo, mas o povo vota muito mal, é uma roleta russa, nesse caso chinesa, literalmente. O Dória é um charlatão, nas vésperas da eleição ele dirá que criou a vacina do Covid-19 e por aí vai….

  2. Para aprender a conviver com o coronavírus como acontece, por exemplo, com o Japão, sem medidas extremas de restrição de mobilidade e de convívio social, é necessário antes de tudo, respeito rigoroso aos ´procedimentos estabelecidos baseados na experiência e na ciência e muita consciência nos atos comportamentais, pensando, antes de tudo, no coletivo.

    1. Impressionante a mediocridade do governador e do prefeito de São Paulo, fecham espaços com controles sanitários perfeitos como restaurantes e bares e deixam o povo se esbaldar na 25de março, nos ônibus e metrôs. São uns criminosos incompetentes

  3. Merecemos tudo que estamos passando. Somos passivos e Dória comprova isso todos os dias. Ele debocha nos bastidores e nos ataca com novos restrições porque sabe que não reagiremos. Dória estará no poder em 2022, quem viver verá.

  4. Curioso, pra votar nas eleições estava tudo bem, tão bem quanto no carnaval desse canalha de calça atoladinha. Agora ele quer destruir a vida das pessoas e dos comerciantes em pleno natal. É muito cínico.

  5. Não sei, não, mas,algo me diz que hà algo por trás dessas medidas. Conversas com Maia, que solta a pauta-bomba para votação em plenário; recrudesce as narrativas negativas contra o presidente Bolsonaro e seu governo, espalhadas diariamente pela grande mídia e seus blogueiros e acólitos políticos. O governo que se organize e trate de desfazer essa conspiração -mais uma – ou se verá em maus lençóis., em pouco tempo.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site