Revista Oeste - Eleições 2022

Vídeo: Drone joga urina e fezes em apoiadores de Lula e Kalil em Minas Gerais

Três homens foram detidos e depois liberados, segundo a polícia
-Publicidade-
Vídeo registra momento em que drone despeja fezes e urina em apoiadores de Lula | Foto: Reprodução
Vídeo registra momento em que drone despeja fezes e urina em apoiadores de Lula | Foto: Reprodução

Apoiadores do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e do ex-prefeito de Belo Horizonte Alexandre Kalil (PSD) foram atingidos por fezes e urina lançadas por um drone, em Uberlândia (MG), cidade a 540 quilômetros da capital BH. Três pessoas foram detidas.

Os militantes aguardavam o começo de um ato de pré-campanha dos políticos na Universidade do Triângulo Mineiro (Unitri) quando o drone surgiu. Uma correria tomou conta do local e as vítimas tentaram acertar o drone com pedaços de pau.

De acordo com o jornal O Tempo, a Polícia Militar de Minas Gerais (MPMG) identificou três homens que teriam participado do ato contra os militantes. Eles foram detidos e, posteriormente, liberados. Eles devem comparecer, agora, ao Juizado Especial Criminal. O drone foi apreendido.

-Publicidade-

Lula e Kalil dividem palanque pela primeira vez

O ato de pré-campanha no Triângulo Mineiro é o primeiro em que Lula e Kalil aparecem lado a lado. O ex-prefeito de BH é pré-candidato ao governo de Minas e considerado o principal nome para concorrer com o atual governador, Romeu Zema (Novo). O PT deixou de apresentar candidatura própria em Minas Gerais para apoiar Kalil. Esse é o primeiro evento que Lula participa depois de se recuperar da contaminação de covid-19.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.