Revista Oeste - Eleições 2022

‘É hora de todos por todos’, diz Arthur Lira, sobre combustíveis

Presidente da Câmara demostra alívio com redução de ICMS pelos Estados
-Publicidade-
Lira foi um dos articuladores da proposta que diminui ICMS | Foto: Paulo Sergio/Câmara dos Deputados
Lira foi um dos articuladores da proposta que diminui ICMS | Foto: Paulo Sergio/Câmara dos Deputados

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), afirmou nesta sexta-feira, 1º, que o momento é de união entre União, Congresso Nacional e Estados para diminuir o preço dos combustíveis na bomba.

De acordo com o parlamentar, não é hora para individualismo. “É hora de todos por todos”, afirmou, em publicação nas redes sociais.

Arthur Lira aproveitou o momento para lembrar que foi criticado sobre a lei que diminui a alíquota entre 17% a 18% do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre os combustíveis.

-Publicidade-

“Num primeiro momento, minha defesa por um enfrentamento ao aumento dos combustíveis chegou a ser criticada. Hoje vários Estados já atenderam ao PLP 18/22”, disse Lira.

O governo de São Paulo foi o primeiro a determinar a redução do ICMS sobre a gasolina de 25% para 18%. Na sequência, Goiás diminuiu de 30% para 17%. Nesta sexta-feira, os governos do Rio de Janeiro e de Minas Gerais anunciaram a diminuição de, respectivamente, 34% para 18% e 32% para 18%.

Até então, o Rio de Janeiro tinha a maior alíquota sobre a gasolina, seguida por Minas Gerais. A menor taxa registrada no país, sem contar os cortes feitos durante esta semana, é de Mato Grosso: 23%.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

15 comentários Ver comentários

  1. 🍓 Oi) Meu nome é Paula, tenho 24 anos) Budding SEX modelo 18+) Adoro fotos nuas) Por favor, classifique minhas fotos em 👉 https://ja.cat/id205476

  2. Na Ba, ainda existe muitos eleitores de cabresto. As prefeituras de cidades pequenas empregam muitas pessoas pagando salários irrisório e mesmo assim, atrasam o pagamento e dominam o assistencialismo. Deixam folhas atrasadas esperando chegar campanhas eleitorais, quando aparecem os candidatos (governador, deputados, senadores), liberam verbas em troca de fidelidade. Imaginem que, cada funcionário público são arimos de família, tem 4, 5 dependentes e se veem ameaçados de perder a boquinha, acabam cedendo às pressões dos que estão no poder. E assim, vivemos nos últimos 20 anos.

    1. Todos esses esforços do governo federal e dos parlamentares contempla a redução da carga tributária abusiva dos estados (ICMS) para os combustíveis, energia, transportes e telecomunicações!
      O problema será o STF! #DissolucaoDoSTF

  3. SP, RJ, MG, GO, RS e RO: 70% do PIB do Brasil já com ICMS reduzido. O povo desses estados vai despejar votos no Presidente, em proporções jamais vistas, se o STF se meter contra o Legislativo e o Executivo.

  4. https://www.google.com/amp/s/www.estadao.com.br/noticias/amp/politica/lira-cria-sala-secreta-para-liberar-verbas-do-orcamento-secreto-as-vesperas-da-restricao-eleitoral/

      1. é mentira? o centrão está comprando votos descaradamente…mas não entendo, as pesquisas não são falsas?

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.