Eduardo Bolsonaro anuncia processo contra a Globo por vazamento ilegal de informações

Emissora divulgou diálogos sigilosos do parlamentar com o jornalista Allan dos Santos em rede nacional
-Publicidade-
Mensagens supostamente denunciam financiamento a jornalista
Mensagens supostamente denunciam financiamento a jornalista | Foto: Lula Marques/Fotos Públicas

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) disse que vai à Justiça contra a Rede Globo pela divulgação de conversas dele com Allan dos Santos em rede nacional. Na última semana, a emissora teve acesso a documentos sigilosos contendo diálogos entre o filho do presidente da República e o jornalista.

Pelo Twitter, o parlamentar aproveitou para tecer críticas à Comissão Parlamentar de Inquérito da Covid-19 (CPI). “Por mais que a CPI tenha tornado comum o vazamento seletivo de dados sigilosos, isso não faz o vazamento legal”, escreveu Eduardo Bolsonaro, no Twitter, na quinta-feira 30.

Segundo as mensagens, o empresário e dono das lojas Havan, Luciano Hang, financiou o Allan dos Santos. O deputado Eduardo teria intermediado o contato entre os dois. Em depoimento prestado na CPI, Hang negou qualquer tipo de patrocínio a projetos de comunicação do governo federal.

-Publicidade-

Leia também: “(Super) Heróis da liberdade”, reportagem publicada na Edição 79 da Revista Oeste

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.