Eleições 2022: Ciro Gomes fala em retomar diálogo com outros partidos

Sinalização ocorre depois de Sergio Moro, que classificou como 'inimigo da República', ficar de fora dos nomes cotados ao Planalto
-Publicidade-
Pré-candidato à Presidência da República Ciro Gomes | Foto: Reprodução/Redes sociais
Pré-candidato à Presidência da República Ciro Gomes | Foto: Reprodução/Redes sociais

O pré-candidato à Presidência da República pelo PDT, Ciro Gomes, afirmou nesta segunda-feira, 18, que pretende dialogar com lideranças de partidos, como União Brasil e PSD, em busca de apoio nas eleições de outubro. Os dois partidos, até o momento, estudam lançar candidatura própria.

Questionado durante o lançamento da pré-candidatura da senadora Leila do Vôlei (PDT) ao governo do Distrito Federal, disse que não havia entrado na “dinâmica de conversas” com lideranças do chamado “centro democrático”, em razão do ex-ministro e ex-juiz Sergio Moro.

-Publicidade-

“Tive um jantar 15 dias atrás com a direção do União Brasil. Bivar e ACM Neto. E eles perguntaram se eu admitia entrar em uma dinâmica de conversas com essas outras pessoas. Eu disse a eles que, a mim, repugnava a ideia de sentar com um inimigo da República como o Sergio Moro. Parece que essa questão está vencida, portanto, a única restrição que eu fazia está superada aparentemente”, declarou.

Segundo ele, a partir de agora, as conversas devem se intensificar com o União e o PSD. “São duas forças que ainda não estão aliadas nesse processo de pré-campanha”, afirmou. “Eles querem ver se eu atravesso o Rubicão, que é aquele rio que o [imperador Júlio] César atravessou. […] Eles querem ver se eu me viabilizo. E é isso que eu quero ver também”, declarou.

Ciro Gomes afirmou que um dos critérios para apoiar uma “terceira via” unificada seria um mapeamento dos problemas econômicos do país. “Eu gostaria de estar em uma aliança onde nós considerássemos criteriosamente a causa da crise brasileira e as raízes do que precisamos fazer para devolver ao país um projeto nacional de desenvolvimento.”

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, negou que a sigla avalie abandonar a candidatura própria à Presidência com Ciro Gomes. Ele também disse estar pronto a retornar o diálogo com os partidos da terceira via. “Sem o Moro, fica muito mais fácil”, declarou, acrescentando que o PDT mantém diálogo constante com o União Brasil.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

8 comentários Ver comentários

  1. Eu não acho nada! Sempre tive uma tara na Leila. E continuo tendo. Com esse olhar, eu queria mesmo era estar no lugar do coroné. Aí, que delícia!

  2. Tá aí. Todas essas movimentações em torno de uma terceira via, candidatura de Ciro Gomes, etc., etc. é pura cortina de fumaça. São as raposas se movimentando para voltar ao poder e roubar a vontade, com a ajuda do STF/TSE. No final, todos vão se unir em trono de uma único nome, que pode ser o luladrão, chefe da gang, ou outro indicado pelo mesmo. É tudo farinha do mesmo saco. É ladrão, corrupto, drogado, cachaceiro e outros se unindo para assaltar o nosso País novamente. Temos que nos unir em torno do nome de nosso Presidente Jair Messias Bolsonaro e formar grupos de apoio físico em todas as localidades do Brasil para movimentarmos a sua candidatura e derrotar essa corja.

  3. Essa jogadora de vôlei, até que em seus tempos de atleta tinha lá suas competências, lógico senão não estaria na seleção, mas também seus encantos físicos. Mas vendo agora, prevejo para daqui uns dois anos no máximo que se transforme numa mocréia.
    (mo.crei.a)

    sf.

    1. Bras. Gír. Pej. Mulher muito feia, deselegante e mal-ajeitada; BARANGA; BRUACA

    [F.: De or. obsc.]

    Lexikon Editora Digital

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.