Alexandre de Moraes: ‘Trabalhamos por um domingo tranquilo e seguro’

A declaração foi feita por meio de uma rede social, assim que as urnas foram abertas, às 8h deste domingo
-Publicidade-
Crédito: TSE
Crédito: TSE

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Alexandre de Moraes, afirmou neste domingo, 2, dia das eleições gerais, que a Justiça Eleitoral está atuando para um domingo “tranquilo e seguro”. A declaração foi feita por meio de uma rede social, assim que as urnas foram abertas, às 8h deste domingo.

“Eleitoras e eleitores. A Justiça eleitoral segue trabalhando para que todos tenham um Domingo tranquilo e seguro. Boa votação!!!.

A manifestação reforça a mensagem que Moraes fez na noite deste sábado, em pronunciamento em rede nacional de rádio e televisão.

-Publicidade-

De acordo com o ministro, as eleições serão feitas em conjunto com os 27 Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) do país, simbolizam o respeito à democracia como o único regime político que deve ser exercido pelo bem do povo para garantir o crescimento e o fortalecimento da República brasileira.

“A democracia é uma construção coletiva daqueles que acreditam na liberdade, na paz, no desenvolvimento, na dignidade da pessoa humana, no pleno emprego, no fim da fome, na redução das desigualdades, na prevalência da educação e na garantia da saúde de todos os brasileiros e brasileiras”, declarou.

Nas eleições deste ano, algumas mudanças foram instituídas para, segundo a Corte Eleitoral, garantir a segurança do eleitor. Entre elas estão vetadas o uso de celulares nas cabines eleitorais. Os aparelhos deverão ser colocados em bandejas próprias, da mesma forma como ocorre em aeroportos e bancos

Também está proibido o porte de arma em um raio de 100 metros de todas as seções eleitorais, bem como o transporte e a posse de armas pelos colecionadores, caçadores e atiradores. A decisão foi tomada pelo Plenário do TSE. O objetivo é garantir a necessária segurança da eleitora, do eleitor, dos servidores e dos mesários.

“A segurança e a liberdade do voto serão efetivadas tanto com a observância do absoluto sigilo do voto, que é plenamente garantido pelas urnas eletrônicas, quanto pelo respeito à ampla e civilizada liberdade de discussão política, afastando qualquer possibilidade de violência ou de coação e pressão por grupos políticos ou econômicos”, ressaltou Moraes.

Acompanhe em Oeste, a partir das 17h30 de domingo, a apuração de votos em todo o Brasil.

 

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

5 comentários Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.