Bolsonaro recebeu um único voto em Cuba

Lula foi o grande vencedor na ilha socialista, com 90,32% dos votos válidos
-Publicidade-
Além do atual presidente, Felipe d'Avila e Ciro Gomes acumularam um único voto cada um
Além do atual presidente, Felipe d'Avila e Ciro Gomes acumularam um único voto cada um | Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Na zona eleitoral de Havana, capital de Cuba, o presidente Jair Bolsonaro (PL), Felipe d’Avila (Novo) e Ciro Gomes (PDT), candidatos à Presidência nas eleições de 2022, obtiveram apenas um voto cada um, durante votação deste domingo 2.

Somados, Bolsonaro, D’Avila e Ciro receberam 9,6% dos votos dos 31 brasileiros que votaram na ilha socialista. Ao contrário dos adversários, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) recebeu 28 votos, representando 90,32% dos eleitores em Cuba.

Em Israel, Bolsonaro saiu como o grande vencedor. Ao todo, o candidato à reeleição ganhou com 45,9% na capital, Tel-Aviv, contra 39,3% para Lula.

-Publicidade-

Já no Brasil, Bolsonaro venceu a corrida presidencial em 13 Estados, e Lula em 14. O atual presidente começou a apuração em vantagem, mas, no final da apuração das urnas, o petista conseguiu a virada e terminou na frente: 48,2% a 43,3%. Veja o desempenho de Lula e Bolsonaro em cada Estado:

Veja o desempenho de Lula e Bolsonaro em cada Estado
Fonte: TSE / Imagem: Oeste

Segundo turno

Com 100% das urnas apuradas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), está definido que Lula (PT) e Jair Bolsonaro (PL) vão disputar o segundo turno da eleição presidencial, em 30 de outubro. O candidato petista teve vantagem na votação deste domingo.

Segundo a legislação eleitoral, para ser eleito um candidato precisa da maioria absoluta de votos (mais da metade). Caso nenhum presidenciável consiga esse número, então a eleição prevê um segundo turno entre os dois mais bem votados.

A vitória em primeiro turno em uma eleição presidencial aconteceu somente em duas oportunidades, ambas com Fernando Henrique Cardoso (PSDB), em 1994 e 1998. A disputa em dois turnos foi incluída na Constituição em 1988.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

12 comentários Ver comentários

  1. A despeito de tantas inconsistências nessa apuração de primeiro turno, relatadas por diversas pessoas. Esse dado é um que me afigura como plenamente justificável. Afinal, um brasileiro que opta por morar em Cuba é realmente alguém que acredita naquele projeto falido (desde a origem) e que a esquerda sonha replicar no Brasil.

  2. INFELIZMENTE, EMBORA NÃO TENHA COMO PROVAR, NÃO CONSIGO ENTENDER COMO UMA CRIATURA, QUE NÃO CONSEGUE SAIR ÀS RUAS SEM LEVAR VAIAS MONUMENTAIS, TENHA SIDO VENCEDOR NESSAS ELEIÇÕES! NÃO CONSIGO ENTENDER INCOERÊNCIAS, COMO O FATO DO NOSSO PRESIDENTE ELEGER DEPUTADO FEDERAL E SENADOR POR ELE APOIADOS, MAS NÃO TER A MAIORIA DOS VOTOS LOCAIS PARA ELE MESMO?! REALMENTE, A MIM ME PARECE QUE HÁ MAIS MISTÉRIOS NO REINO TUPINIQUIM ALÉM DAQUILO QUE NOSSO RACIOCÍNIO LÓGICO PODE ALCANÇAR!

  3. Prova de que as urnas foram fraudadas. Esse resultado é estatisticamente impossível.

    Em um universo de aproximadamente uma centena de pessoas, o mito ter apenas um voto só pode ocorrer dentro dos presídios.

  4. Grande novidade 🤪Os comunistas canalhas que moram lá, claro que votariam no BANDIDO. Que essas desgraças continuem morando lá e convide os daqui para irem .orar no “paraíso”. Mas os pacóvios gostam mesmo é de irem para a Europa e EUA. Hipócritas!!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.