Bolsonaro: ‘Somos o último obstáculo contra o socialismo’

Presidente publicou um vídeo mostrando resultados dos governo de esquerda na América do Sul
-Publicidade-
Jair Bolsonaro, presidente da República
Jair Bolsonaro, presidente da República | Foto: Alan Santos/PR

Jair Bolsonaro (PL), presidente da República em campanha pela reeleição, postou um vídeo no Twitter com resultados de quatro governos sul-americanos que flertam com o socialismo. Na lista, países como Venezuela, Argentina, Chile e Colômbia. Essas nações são governadas por aliados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), também na disputa pela Presidência.

Nos primeiros momentos do vídeo postado por Bolsonaro, Lula aparece elogiando Nicolás Maduro, ditador na Venezuela. O político venezuelano conduz com mãos de ferro o assim chamado socialismo bolivariano, regime implantado no país.

“Agora estamos vivendo em desalento, nos encontramos todos em completa necessidade de sair na rua, no meio do lixo”, relata um homem que vive no regime venezuelano. “Como podem ver, não contamos com nenhum tipo de apoio do governo. Eles só sabem mentir e mentir.” De acordo com a gravação, a pobreza no país atinge 94,5% da população, e 76% dos venezuelanos vivem na pobreza extrema.

O material mostra ainda dados sobre a economia da Argentina, nação comandada pelo esquerdista Alberto Fernandez. “Hoje, quase 40% dos argentinos estão em situação de pobreza”, comenta o narrador, depois de dizer que a inflação do país está descontrolada e o desemprego em alta.

Gustavo Petro, atual presidente da Colômbia, aparece no vídeo relativizando os males causados pelo tráfico de drogas. “O que é mais venenoso para o ser humano: a cocaína ou o carbono?”, questiona o político. Além disso, o vídeo registra a rejeição dos chilenos ao texto que serviria como uma nova Constituição para país.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.