Deputados anunciam coleta de assinaturas para CPI das Pesquisas

Sondagens da véspera erraram por mais de 14 pontos porcentuais na eleição presidencial
-Publicidade-
Deputado Eduardo Bolsonaro (PL) | Foto: Jane de Araújo/Agência Senado
Deputado Eduardo Bolsonaro (PL) | Foto: Jane de Araújo/Agência Senado

O deputado Eduardo Bolsonaro (PL-SP) e o deputado Carlos Jordy (PSL) afirmaram nesta segunda-feira, 3, que já começaram a recolher assinaturas para uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) sobre a atuação dos institutos de pesquisas.

Houve erros grosseiros, como os mais de 10 pontos porcentuais em relação ao que apontavam as pesquisas na véspera da eleição e o resultado das urnas no domingo 2, em desfavor do presidente Jair Bolsonaro (PL). A diferença foi de 5 pontos: Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ficou com 48% e Bolsonaro com 43%. Também houve erros significativos para os cargos de governador e senador em vários Estados.

No Twitter, Eduardo disse já ter conversado com os deputados Carlos Jorgy e Paulo Martins, ambos do PL. “E ainda nesta semana começaremos a coletar assinaturas para a CPI dos institutos de pesquisa, tendo como fato determinado a discrepância não só nas intenções de votos para presidente, mas também para outros cargos”, escreveu.

-Publicidade-

Na postagem, Eduardo publica uma comparação entre as intenções de voto projetadas para Lula e Bolsonaro nas últimas pesquisas realizadas, demonstrando diferença entre os dois de até 14%.

  • Genial/Quaest (24-27/setembro) — 14,2 p.p.
  • Ipec/Globo (29/set-1º/out) — 14 p.p.
  • Datafolha/Folha (30/set-1º/out) — 14 p.p.
  • Ipespe/Ipespe (30/set) — 14 p.p.
  • FSB/BTG Pactual (23-25/set) — 11 p.p.
  • PoderData/Poder360 (25-27/set) — 10 p.p.
  • Atlas/Atlas (24-28/set) — 9,7 p.p.
  • MDA/CNT (28-30/set) — 8,6 p.p.
  • Paraná Pesquisas (27-29/set) — 7,1 p.p.

Paulo Martins, que não conseguiu se eleger para o Senado — Sergio Moro (União) conseguiu a vaga — reclamou das pesquisas, que erraram feio na disputa da vaga paranaense. Ele postou um print da pesquisa da véspera, que mostrava que sua pontuação era de 14%, mas conseguiu, nas urnas, mais que o dobro. “Apontaram-me com 14% das intenções, mas eu recebi 29% dos votos. Quantos deixaram de votar em mim por conta da baixa expectativa apresentada pelo maior grupo de comunicação do país?”, questionou.

Carlos Jordy, reeleito com mais de 110 mil votos, também disse que irá coletar assinaturas para a CPI dos institutos de pesquisas. “Não são mais aceitáveis resultados tão bizarros e discrepantes da realidade quanto os do Datafolha e Ipec. Chega de fraude para induzir o eleitorado!”

Na Câmara, para protocolar um pedido de CPI, é necessário contar com o apoio de pelo menos 171 deputados.

Os aliados de Bolsonaro também poderão solicitar uma investigação sobre a atuação dos institutos de pesquisa ao Ministério Público. O pedido, ainda não oficializado, seria levado ao procurador-geral da República, Augusto Aras.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

12 comentários Ver comentários

  1. MAIS UM FOGO DE PALHA? PASSOU O MANDATO INTEIRO AMEAÇANDO CRIAR CPI: CADE A #CPIDATOGA #CPIDAPETRoBRAS #CPIDASURNAS. Fica na promessa ou ate BARGANHARem SUA PALAVRA? MAIS ATITUDE SENHORES. APOIO POPULAR NUNCA FALTOU P VOCES. @EduardoBolsona6 @CarlosBolsonaro @jairbolsonaro

    1. MAIS UM FOGO DE PALHA? PASSOU O MANDATO INTEIRO AMEAÇANDO CRIAR CPI: CADE A #CPIDATOGA #CPIDAPETRoBRAS #CPIDASURNAS. Fica na promessa ou ate BARGANHARem SUA PALAVRA? MAIS ATITUDE SENHORES. APOIO POPULAR NUNCA FALTOU P VOCES. PQP @EduardoBolsona6 @CarlosBolsonaro @jairbolsonaro Um ESCARNIO com os PATRIOTAS sempre em MULTIDÕES pelas ruas. MAIS UM 7 DE SETEMBRO IGNORADO PELO CHEFE DAS FORÇAS ARMADAS. Triste Naçao! REFEM DE SABOTADORES COMUNISTAS.

  2. É urgente! ALÔ BOLSONARO! Contrate três institutos de pesquisas não esquerdistas, por 6 milhões de reais, para realizar três levantamentos independentes para a eleição presidencial no segundo turno das eleições: modalidade única de PESQUISA DE BOCA DE URNA. Cada pesquisa com 40.000 entrevistados. Essa é uma PROVA CIENTÍFICA ESTATÍSTICA apta a se contrapor a eventuais fraudes eletrônicas, de qualquer tipo. Ah, e anuncie a todos os governos internacionais que irá fazer essas três pesquisas, no dia da eleição. É um investimento “barato” em face da grande importância de seu objetivo.

  3. Por varias vezes foi dito que pesquisa se compra, e me parece que é a única explicação para a votação que o ladrão obteve no primeiro turno, compraram e divulgaram sucessivas pesquisas sugerindo a vitória no primeiro turno e a população mais cabeça de vento foi levada na onda vermelha. Ou seja a tática tem que ser usada por todos os candidatos ou proibida para todos.

  4. Que sejam punidas com a extinção, sem dó! Além de trazerem prejuízos financeiros ao erário público (são contratadas/financiadas/pagas através do bizarro fundo partidário), estas empresas transformaram-se em braço partidário, assim como STF/TSE e a esculhambada velha imprensa…

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.