Revista Oeste - Eleições 2022

Juiz manda remover painel que associa a esquerda ao PCC: ‘Desnecessário’

Ministério Público Eleitoral vai decidir se aplica multa
-Publicidade-
Painel instalado em prédio de Porto Alegre causa polêmica entre residentes da cidade | Foto: Reprodução
Painel instalado em prédio de Porto Alegre causa polêmica entre residentes da cidade | Foto: Reprodução

O juiz Márcio André Keppler Fraga, da 113ª Zona Eleitoral de Porto Alegre (RS), deu 24 horas para a retirada de um painel gigante que compara a direita e a esquerda. O outdoor está anexado a um prédio na capital gaúcha.

Embora o Ministério Público Eleitoral tenha ingressado com ação contra a peça, a Justiça analisou o processo que fora aberto anteriormente por Juliano Roso, presidente do PCdoB no Rio Grande do Sul. Em seu perfil no Twitter, Roso classificou a decisão como uma “vitória contra as mentiras e o ódio”.

Na decisão, o magistrado considerou que, apesar de não haver pedido de voto na peça publicitária, há o emprego da expressão “você decide”, acompanhada de elementos gráficos associados a ideologias políticas, antes das eleições.

-Publicidade-

“A partir de uma racionalidade média, há que reconhecer que, no mínimo, ou ainda indiretamente, ou difusa, presente está o viés eleitoral da peça publicitária”, sustentou o juiz, na sentença. O magistrado argumentou ser “desnecessária qualquer análise mais pormenorizada sobre seu conteúdo”.

O Ministério Público Eleitoral vai decidir se aplica multa.

Esquerda e PCC

Dois painéis gigantes sobre o 7 de Setembro foram instalados em Porto Alegre, na semana passada. Os banners associam a esquerda à facção criminosa Primeiro Comando da Capital e à soltura de bandidos.

No painel verde e amarelo, com a bandeira do Brasil, aparecem frases e palavras como “vida”, “liberdade”, “povo armado”, “valores cristãos”, “bandido preso” e “a favor da polícia”. Em nenhum momento a imagem pede votos.

A coluna do lado direito, feita em vermelho e preto e com a foice e o martelo — símbolos do comunismo — estão termos como “aborto”, “censura”, “povo desarmado”, “ideologia de gênero”, “bandido solto” e “a favor do PCC”.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.