Juiz nega pedido para arquivar investigação contra Flávio Bolsonaro

Senador é acusado de não declarar imóveis à Justiça Eleitoral
-Publicidade-
Flávio Bolsonaro é acusado de falsidade ideológica eleitoral
Flávio Bolsonaro é acusado de falsidade ideológica eleitoral | Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

O juiz Flávio Itabaiana, da 204ª Zona Eleitoral, negou o pedido do Ministério Público Eleitoral para arquivar a investigação sobre falsidade ideológica eleitoral contra o senador Flávio Bolsonaro (PL).

A investigação trata da irregularidade na declaração de três imóveis — dois em Copacabana e um em Botafogo, na zona sul do Rio de Janeiro, no valor total de R$ 2,5 milhões.

Ao requerer o registro de candidatura a deputado estadual no Rio de Janeiro, em 2014, Flávio disse possuir apenas um apartamento, no bairro de Laranjeiras. Itabaiana sustenta que o senador alienou os três imóveis pouco antes das eleições daquele ano, mas as operações não foram totalmente declaradas à Justiça Eleitoral. Isso pode caracterizar crime de falsidade ideológica, que prevê pena de até cinco anos de detenção. O caso deve ser submetido à 2ª Câmara de Coordenação e Revisão do Ministério Público Federal.

-Publicidade-

É a terceira vez que promotores do Ministério Público Eleitoral pedem que a investigação seja encerrada. Nas duas ocasiões anteriores, o juiz convenceu a Câmara de que as investigações deveriam ser aprofundadas para verificar se as declarações de Flávio ao Tribunal Superior Eleitoral estavam corretas.

Ao pedir o arquivamento do caso, o Ministério Público Eleitoral alegou que as declarações de bens de Flávio e da mulher, Fernanda Antunes Bolsonaro, demonstraram que as sucessivas negociações de compra e venda de imóveis não comprovaram fraude eleitoral. O órgão disse que, embora alguns dos bens não constassem na relação apresentada à Corte, novos ajustes foram notificados posteriormente.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

14 comentários Ver comentários

  1. Pessoal, basta um pouco de memória para recordar acerca da atuação pretérita do mesmo magistrado… Só um pouquinho… Itabaiana, aliás, está agindo como o cabeça de ovo de imoraes, ignorando o “dominus litis”. O ai5 tácito vai germinar especialmente nos “guardas da esquina”. A propósito, se flávio errou, flávio paga, e não Jair Bolsonaro. A estupidez da esquerdopatia, q nunca quiseram saber mesmo de “democracia”, impressiona… Depois, os toscos somos nós…

  2. O nome desse juiz não me é estranho… Desta feita como juiz eleitoral. BINGO! Transcrevo notícia do JOTA, de 2021: “Por 4 votos a 1, a 5ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) anulou todas as decisões tomadas pelo juiz Flávio Itabaiana relacionadas ao senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) no caso das “rachadinhas”. Os ministros consideraram que o magistrado de primeira instância não era competente para tomar decisões envolvendo autoridade com prerrogativa de foro por função.” Não seria o caso de perseguição e abuso de poder do senhor dotô Itabaiana…????!!!!

  3. foi por causa do filho corrupto flavio que a cpi lava toga foi sepultada, procurem na gazeta do povo, jovem pan, flavio e dudu falando pq teriam que barrar a cpi da lava toga. Ai logo depois comecaram a perseguir joyce,frota, mbl, pq eles queriam continuar com a cpi

  4. NÃO SABIA QUE A CONSTITUIÇÃO FEDERAL TINHA SIDO ALTERADA E QUE O
    MINISTÉRIO PÚBLICO NÃO É MAIS O FISCAL DA LEI E O TITULAR DA AÇÃO
    PENAL!

  5. O engraçado é que os filhinhos do molusco DESAPARECERAM!!!
    Nada contra eles, em matéria de processos, prosperou. Tudo sumiu e ninguém viu! Os ‘Ronaldinhos dos negócios” estão aí livre, leves e soltos, que nem o pai. Agora vai encher ainda mais os cofres da família molusco.

  6. O ministério público já mandou arquivar 3 vezes e juízes não querem. Mas é melhor acabar os ministérios público, porque parece que alguns juízes tomaram gosto pelos métodos do Moraes, não interessa o pedido o ministério público, os juízes mandam.

  7. A ditadora da toga entrando em sua segunda fase! Bando de vagabundos e canalhas perseguição a família e a todos os Bolsonaristas. CANALHAS!!! Mais um idiota querendo aparecer ou está recebendo ordens do advogadozinho.

  8. PRECISAM ATACAR PARA IMPEDIR A VOLTA D E BOLSONARO, MAS ELES NÃO SABEM FAZER NADA ALEM DE MENTIR . LOGO VAO AFUNDARF O PAIS, NA MAIOR CRISE DA NOSSA EXISTENCIA

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.