Revista Oeste - Eleições 2022

Lula apaga post sobre desmatamento depois de ocultar dados de seu governo

Petista não mencionou que, durante o seu mandato, os números foram cinco vezes maiores que os atuais
-Publicidade-
O ex-presidente Lula, durante visita à fábrica da Volkswagen, em São Bernardo do Campo (SP), para cumprir agenda de campanha - 16/08/2022 | Foto: Ettore Chiereguini/Estadão Conteúdo
O ex-presidente Lula, durante visita à fábrica da Volkswagen, em São Bernardo do Campo (SP), para cumprir agenda de campanha - 16/08/2022 | Foto: Ettore Chiereguini/Estadão Conteúdo

Lula apagou um post sobre desmatamento no Twitter depois de ser contestado por internautas. Para atacar o presidente Jair Bolsonaro, o petista publicou dados sobre devastação de florestas no Brasil desde 2017. Na mensagem, contudo, não mencionou que, durante o seu mandato no Planalto, a taxa de desmatamento era maior.

Nas redes sociais, o petista recebeu críticas até de apoiadores por ocultar informações. Filipe Martins, assessor especial para Assuntos Internacionais do governo, foi visto como o principal responsável pela exclusão do post.

desmatamento
Foto: Reprodução/Twitter
-Publicidade-

“Por que escondeu o período em que você estava no poder, quando os números do desmatamento chegaram a ser mais do que cinco vezes piores do que os atuais”, interpelou Martins. “Como 5,4 mil quilômetros quadrados (km2) pode (sic) ser recorde, se você chegou a 27 mil km2 de florestas desvatadas só em 2004?”

Depois de Lula apagar a mensagem, Martins reagiu. “Lula tentou espalhar mais uma mentira, alegando que 2022 bateu o recorde de desmatamento”, escreveu o assessor especial. “Quando demonstrei que ele estava mentindo e que o desmatamento durante o governo dele chegou a ser cinco vezes maior que o atual, ele correu para esconder a prova de que estava mentindo.”

desmatamento
Foto: Reprodução/Twitter

Leia também: “Os picaretas da Amazônia”, artigo de Silvio Navarro publicado na Edição 91 da Revista Oeste

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.