Moraes tem ‘a audácia de um canalha’, diz Roberto Jefferson

Jefferson, que estava em prisão domiciliar, foi detido no domingo 23, por determinação do ministro
-Publicidade-
Ex-deputado responde ação no STF  | Foto: Felipe Menezes/PTB Nacional
Ex-deputado responde ação no STF | Foto: Felipe Menezes/PTB Nacional

O ex-deputado federal Roberto Jefferson, preso no domingo 23 pela Polícia Federal, afirmou durante a audiência de custódia que o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), ‘tem a audácia de um canalha’. Jefferson, que estava em prisão domiciliar, foi detido no domingo 23, por determinação de Moraes, depois de ter descumprido medidas cautelares impostas pela Justiça.

A declaração de Jefferson em relação ao ministro foi feita no momento que o ex-deputado se referia ao ministro que determinou sua detenção. O ex-parlamentar afirmou que foi humilhado por Alexandre de Moraes, e que o ministro tem a mesma “audácia” que ele.

“Ele proibiu minha família e meus advogados de me visitarem. Ele quebrou o PTB e destruiu nossa obra. Ele junto com o TSE. Todo mês, cortam o fundo partidário. Não é uma coisa de “juizjurisdicionado”, virou de homem para homem. Ele me humilhou e humilhou a minha Ana. A mesma fibra ele tem, como eu tenho, a audácia dos canalhas”, afirmou.

-Publicidade-

Jefferson afirmou que Moraes “montou uma delegacia de polícia e uma Gestapo no seu gabinete” e que ele, como réu, não tem a quem recorrer. Ele também criticou a Procuradoria-Geral da República (PGR), que sugeriu que ele fosse encaminhado a um hospital psiquiátrico.

“Tudo que eu peço no STF cai com o Xandão. Estou sendo massacrado e agora ouço a pérola da PGR para me mandar para o hospital psiquiátrico. Tem gente no Judiciário que precisa ir para o manicômio.”

Jefferson admitiu que recebeu a equipe da Polícia Federal com tiros de fuzil, mas sem a intenção de ferir os agentes.

“Atirei no carro, cerca de 50 (cinquenta) ou 55 (cinquenta e cinco) vezes. Quando eles saíram, recarreguei a arma, e fiquei esperando”, afirmou.

A prisão de Roberto Jefferson também levou em consideração um vídeo do ex-deputado com ofensas à ministra Cármen Lúcia. “O vídeo contém agressões abjetas em face da ministra Cármen Lúcia, com teor, machista, misógino e criminoso”, comunicou o ministro na decisão. Durante a audiência, Jefferson pediu desculpas às prostitutas pela declaração.

“Fiz um comentário mais duro contra o voto escandaloso da min. CÁRMEN LÚCIA. Quero pedir desculpas às prostitutas pela má comparação, porque o papel dela foi muito pior, porque ela fez muito pior, com objetivos ideológicos, políticos. As outras fazem por necessidade.”

Na madrugada desta segunda-feira, 24, contudo, Jefferson foi transferido para o Presídio de Benfica, onde está detido. A Polícia Federal (PF) indiciou o ex-deputado Roberto Jefferson (PTB-RJ) por tentativas de quatro homicídios.

 

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

17 comentários Ver comentários

  1. Nas verdadeiras democracias não há presos políticos, onde há presos politicos são nas “democracias populares socialistas e comunistas”. Então qual o regime democrático de fato que vivemos no Brasil?

  2. Parabéns aos membros do STF.
    Vocês estão preparando uma ditadura que se aproxima através de suas atitudes.
    Vocês libertaram o Lula da prisão com o objetivo de que concorresse à eleição
    Vocês estão dando o roteiro para o Lula de como deve proceder.

    A Polícia e o exército cumprem ordens, sejam corretas ou não, caso contrário serão presos. No futuro serão brutais com o povo.

    E QUEM VAI SEGURAR TAMBÉM AS MILÍCIAS LULISTAS QUE SÃO CAPAZES DE MATAR?

    A VENEZUELA ESTÁ CHEIA DE MILICIANOS DO GOVERNO DE MADURO QUE MATAM E DENUNCIAM QUEM ESTÁ CONTRA O GOVERNO.

    PREPAREM-SE BRASILEIROS.

    A DITADURA É IMPLACÁVEL.

  3. Não é necessário concordar com as palavras do Roberto Jefferson para compreender que ele está sendo injustiçado, tiranizado. Triste é ler e ouvir gente com fala na mídia que justifica a prisão, não digo de agora com tiros contra policiais, mas pelas ofensas por ele proferidas…. vamos recorrer a Aristóteles, para quem Alexandre de Moraes não seria digno de lhe desatar as sandálias, para lembrar: “a palavra cão não morde”.

  4. O unico erro dele foi atirar nas pessoas erradas, tinha de atirar era no cabeça de ovo de avestroz, neste teria de ser tiro certeiro não de alerta. Pensando bem este careca tem de ser morto a pedrada, não vale uma bala.

  5. Não concordo com o que o Jefferson fez. Não se pode falar assim de um membro do STF, seja ele quem for. E atirar em policiais também é uma afronta muito grande. Pegou muito mal o Presidente dizer que não tem fotos com ele, só falta dizer que não o conhece. Mas segue o jogo político!

  6. O pior disso tudo, são os policiais cumprir uma ordem ilegal! Pois qual crime ele cometeu antes do atentado contra os policiais????
    Acho que não deveriam cumprir ordens ilegais, até porquê não existe crime tipificado de crime de opinião. Lamento aos policiais envolvidos, mas se coloquem no lugar dele!! Preso como se fosse um marginal, depois cumpria Domiciliar e O xerife não satisfeito mandou que os policiais cumprissem um mandato desses!

  7. Canalha, vagabundos e MARGINAL! Eles terá o que merece daqui a uns dias!!! Ele só está cavando sua própria cova, onde Será lançado a partir de 2023, ou quem sabe antes. ELE SERÁ ELIMINADO!!!
    Bob tem mais caráter que qualquer advogadozinho canalha da CORTE!!!!

  8. NA REALIDADE O GRANDE CULPADO É O PACHECO, MAIS NINGUÉM, SE TIVESSE FEITO A OBRIGAÇÃO DELE NÃO ESTARÍAMOS NISSO. UM TOTAL IRRESPONSÁVEL E INCOMPETENTE.

  9. Uma coisa é discordar do STF. Outra coisa é atirar em policiais que estão apenas cumprindo ordens atentando contra suas vidas. Isso é um crime indesculpável e inadmissível.

  10. Comparando, numa escala bem diferente, com Putin. Ele é o agressor mas tem todas as razões da agressão. Sem, obviamente justificar ou concordar com essas agressões!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.