Pedido de investigação pode cassar Rodrigo Garcia

Ação foi movida pelo candidato ao governo Tarcísio de Freitas (Republicanos-SP)
-Publicidade-
Governador de São Paulo Rodrigo Garcia (PSDB) | Foto: Flickr
Governador de São Paulo Rodrigo Garcia (PSDB) | Foto: Flickr

O candidato ao governo de São Paulo Tarcísio de Freitas (Republicanos-SP) entrou com uma ação no Tribunal Regional Eleitoral do Estado (TRE) pedindo a investigação do governador Rodrigo Garcia (PSDB-SP), candidato à reeleição.

No documento, o ex-ministro da Infraestrutura argumenta que Garcia cometeu abuso de poder econômico com o uso da máquina pública. Freitas também solicitou quatro investigações contra a realização de “transferências voluntárias” de dinheiro para municípios, desde o dia em que o governador assumiu o cargo, no lugar de João Doria (PSDB-SP), ex-governador de São Paulo.

De acordo com o texto, Rodrigo Garcia estaria “cooptando” prefeitos e deputados estaduais para garantir apoio na reeleição com o “uso escancarado da máquina pública para a obtenção de benefícios eleitorais”. “Pedimos um olhar atento a esse estreitamento das relações, não só políticas, entre o governador-candidato e prefeitos em ano eleitoral, que vem ocorrendo independentemente das bandeiras partidárias”, informa a ação de Freitas.

-Publicidade-

Conforme o portal Uol, o pedido do ex-ministro foi realizado com base em reportagens e consultas no Portal da Transparência de SP que a campanha de Freitas diz ter feito. Entre as matérias jornalísticas está uma matéria do portal Uol que informa que Garcia aumentou a transferência de recursos para investimento livre para prefeitos do interior do Estado.

Segundo a reportagem, a Secretaria de Desenvolvimento Regional havia investido, até 28 de junho deste ano, R$ 1,5 bilhão, a serem distribuídos nos municípios (cerca de 88% do orçamento anual da pasta).

Por fim, Freitas pede que, Rodrigo e seu candidato a vice-governador, o deputado federal Geninho Zuliani (União Brasil), se tornem inelegíveis por oito anos. Em nota enviada a Oeste, a assessoria do governador informou que a ação do ex-ministro representa um “grau de desespero”.

“A ação apresentada por Tarcísio de Freitas, horas depois da divulgação da pesquisa Quaest que aponta crescimento de 5 pontos de Rodrigo Garcia, demonstra alto grau de desespero de sua campanha”, comunicou. “Eles estão diante da iminente derrota demonstrada na intenção de votos, em que Rodrigo aparece como o único capaz de vencer Fernando Haddad, enquanto Tarcísio permanece estagnado dentro da margem de erro.”

Além disso, eles ainda informaram que a equipe jurídica do candidato não recebeu a ação de Freitas e vai analisar o caso “confiante na sua improcedência e na Justiça”.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

11 comentários Ver comentários

    1. Para quem conhece a família Rodrigo Garcia sabe, basta consultar no Google quem é Lelo seu irmão procurado pela Interpol. E mais, o tal de Rodrigo embolsou milhões do monotrilho de São Paulo, isso é público.

  1. Tarcísio está em primeiro lugar com o datapovo, e esse não falha.

    O poste em primeiro é a maior mentira dessa eleição.

    O que o poste do Dória quer tentar é levar para o segundo turno, mas nem isso vai conseguir.

    Tarcísio precisa parar de se preocupar com os segundos e terceiros colocados e focar naquilo que ele é bom, em fazer obras.

    Nós, os paulistas, queremos alguem que faça as duplicações das rodovias esquecidas pelo PSDB, a conclusão do Rodoanel, ferroanel, a segunda outra rodovia para onlitorla sul de SP, a ponte entre Guarujá e Santos, e Bertioga- Guarujá, as linhas de metrô prometidas e as de circulação integratória, e a revitalização das polícias civis e militares.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.