Embaixador fala em dependência de vacinas depois de fala de Guedes

Yang Wanming, diplomata chinês sediado no Brasil, enviou um recado ao ministro da Economia
-Publicidade-
Ministro não sabia que estava sendo gravado
Ministro não sabia que estava sendo gravado | Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Durante reunião do Conselho de Saúde Suplementar, o ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que o coronavírus foi “inventado” na China. Pouco depois, o embaixador da ditadura asiática no Brasil reagiu nas redes sociais. “Até o momento, a China é o principal fornecedor das vacinas e os insumos ao Brasil, que respondem por 95% do total recebido pelo Brasil e são suficientes para cobrir 60% dos grupos prioritários na fase emergencial. A Coronavac representa 84% das vacinas aplicadas no Brasil”, escreveu, no Twitter, na terça-feira 27.

O encontro estava sendo gravado, sem o conhecimento de Guedes. O vídeo foi retirado do ar na sequência. Horas depois, o ministro disse que “usou uma imagem infeliz” ao tecer a crítica. “Me referi a uma coisa que vem de fora e atinge uma economia de mercado como os Estados Unidos. Eu quis dar a importância do setor privado, como ele consegue dar a resposta”, acrescentou o titular da Economia, que havia dito preferir a vacina da Pfizer em vez da CoronaVac, que tem eficácia baixa em relação às concorrentes.

Leia também: “Chegou a hora de enfrentar a China — e a Rússia”, artigo publicado na Edição 18 da Revista Oeste

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

11 comentários

      1. Igualzinho ao Paulo Guedes, q fala uma coisa, depois q descobre q foi gravado, pede desculpa, pq não queria falar mal da China… conta outra…

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site