Entendimento da Segunda Turma do STF beneficia ex-ministro de Dilma

Lava Jato garante que Guido Mantega articulou-se pela aprovação de medidas provisórias a favor da Odebrecht
-Publicidade-
Integrante do governo Dilma, Guido virou réu em 2018 por supostos casos de corrupção
Integrante do governo Dilma, Guido virou réu em 2018 por supostos casos de corrupção | Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

A Lava Jato de Curitiba é incompetente para julgar uma ação penal contra o ex-ministro da Fazenda Guido Mantega. É o que entendeu a maioria dos ministros da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF). Na terça-feira 20, os magistrados do colegiado enviaram o processo para o foro de Brasília. Dessa forma, todas as sentenças proferidas no âmbito da operação contra Mantega foram derrubadas. Beneficiaram o político Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski e Nunes Marques. Votaram contra Edson Fachin e Cármen Lúcia.

Integrante do governo Dilma, Guido virou réu em 2018 por supostos casos de corrupção relacionados a um acerto entre a construtora Odebrecht e o governo federal. As tais negociatas envolveram repasse de propina com a finalidade de se aprovar medidas provisórias (MPs), em 2008 e 2009, de parcelamentos de dívidas, chamados de “Refis da Crise”As MPs beneficiaram a Braskem, petroquímica controlada pela Odebrecht. Mantega é conhecido no departamento de propinas da construtora como “Laticínio”.

-Publicidade-

Leia também: “A operação que mostrou que todos são iguais perante a lei”, reportagem publicada na edição n° 21 da Revista Oeste

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

7 comentários

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site