Esposa de Roberto Jefferson faz apelo para que ele seja transferido para o hospital

'Ele está correndo risco de vida', disse Ana Lúcia
-Publicidade-
Foto: Reprodução/YouTube
Foto: Reprodução/YouTube

A esposa de Roberto Jefferson, Ana Lúcia, pediu nesta segunda-feira, 17, que seu marido seja transferido para o hospital. “Acabei de receber uma ligação da médica informando que o D-dímero dele está altíssimo”, disse a mulher. “Ele não pode ficar naquele presídio. Ele está correndo risco de vida.”

Nas imagens, a mulher faz um apelo para as autoridades. Citado por Ana Lúcia, o D-dímero é um exame médico. A sua dosagem é utilizada como auxiliar no diagnóstico ou para afastar a hipótese de doenças ou quadros trombóticos, que é a produção de coágulo no sangue das pessoas.

Na semana passada, a defesa do ex-deputado pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) a transferência de Jefferson para o Hospital Samaritano Barra, alegando suspeita de covid-19 ou influenza.

-Publicidade-

Veja o vídeo da esposa de Roberto Jefferson

Prisão

Em 13 de agosto do ano passado, o ministro do STF Alexandre de Moraes mandou prender Jefferson preventivamente (sem prazo estipulado). A ordem foi dada dentro do chamado “inquérito da milícia digital”, que é uma continuidade da investigação que apura supostos atos antidemocráticos.

Juristas ouvidos por Oeste consideram os procedimentos como inconstitucionais. Isso porque o STF não tem o direito de abrir uma investigação.

Leia também: “A última entrevista”, publicada na Edição 73 da Revista Oeste

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.