-Publicidade-

Esquerda e centro-esquerda articulam-se para enfrentar Bolsonaro em 2022

João Doria, Eduardo Leite, Ciro Gomes, Henrique Mandetta, Luciano Huck e João Amoêdo assinaram manifesto 'em defesa da democracia'
Bolsonaro deve enfrentar, em 2022, nome escolhido por coalizão de esquerda
Bolsonaro deve enfrentar, em 2022, nome escolhido por coalizão de esquerda | Foto: Cláudio Reis/FramePhoto/Estadão Conteúdo

Políticos que participaram da articulação do manifesto “em defesa da democracia” divulgado nesta quarta-feira, 31, dizem que o texto é o primeiro passo para a construção de uma candidatura única na eleição de 2022. Assinam o documento os governadores João Doria e Eduardo Leite (PSDB), os ex-ministros Ciro Gomes (PDT) e Luiz Henrique Mandetta (DEM), o apresentador Luciano Huck e o ex-presidenciável João Amoêdo (Novo). Os seis são citados como possíveis nomes para as eleições de 2022. O manifesto começou a ser articulado ontem, terça-feira 30. Mandetta procurou os outros cinco signatários com a ideia inicial de propor um projeto de lei para que fosse instituída uma data de celebração da democracia brasileira, mas a proposta acabou sendo alterada para a elaboração do documento. “Não há democracia sem Constituição. Não há liberdade sem justiça. Não há igualdade sem respeito. Não há prosperidade sem solidariedade. A democracia é o melhor dos sistemas políticos que a humanidade foi capaz de criar”, diz o texto. No manifesto, não há menção direta ao presidente Jair Bolsonaro, mas os signatários dizem que “o autoritarismo pode emergir se a sociedade se descuidar da defesa dos valores democráticos”.

Leia também: “O pesque-pague de Luciano Huck”, artigo de Alba Expider publicado na Edição 51 da Revista Oeste

Com informações de O Globo

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.