Expurgados da CPMI das Fake News, aliados de Bolsonaro querem voltar

Parlamentares alinhados ao Planalto decidiram recorrer ao líder do governo, senador Eduardo Gomes A nova comandante do PSL na Câmara, deputada Joice Hasselmann (SP), decidiu trocar, nesta terça-feira, 10, os…
-Publicidade-

Parlamentares alinhados ao Planalto decidiram recorrer ao líder do governo, senador Eduardo Gomes

A nova comandante do PSL na Câmara, deputada Joice Hasselmann (SP), decidiu trocar, nesta terça-feira, 10, os integrantes de seu partido na Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) das Fake News.

A ex-líder do governo Jair Bolsonaro no Congresso substituiu aliados do presidente por deputados alinhados a ela. Agora ex-integrantes da comissão, Caroline de Toni (SC) e Filipe Barros (PR) eram considerados os maiores defensores do presidente no colegiado.

-Publicidade-

Nesta terça-feira, contudo, os parlamentares alinhados ao Planalto decidiram recorrer ao líder do governo, senador Eduardo Gomes (MDB), para pedir ajuda. O emedebista prometeu apenas uma vaga, informa a Crusoé.

Telegram
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro