-Publicidade-

Fase emergencial em São Paulo pode se estender

É o que informa o coordenador do Centro de Contingência da covid-19 no Estado, João Gabbardo
Medidas restritivas podem ser prolongadas em São Paulo
Medidas restritivas podem ser prolongadas em São Paulo | Foto: Mister Shadow/Asi/Estadão Conteúdo

O coordenador do Centro de Contingência da covid-19 no Estado de São Paulo, João Gabbardo, afirmou, em entrevista à CNN Brasil nesta quinta-feira, 18, que a fase emergencial pode se estender em regiões do Estado para depois do dia 30 de março. A nova etapa incorporada ao Plano SP começou na segunda-feira 15 e tem o objetivo de frear o avanço do novo coronavírus. “É provável que isso [a extensão do período das medidas restritivas] aconteça. Talvez não com todo o Estado, mas com boa parte das regiões quase certo que vá acontecer”, afirmou. Gabbardo também explicou que o resultado dessa redução do contato físico não aparece imediatamente. “Nós precisamos de pelo menos duas semanas para que os novos casos comecem a reduzir. Três semanas depois começam a reduzir as intenções, e os óbitos mais adiante”, disse. “Quando a gente diz ‘fique em casa’, a gente está dizendo ‘procure não ter contato com outras pessoas’. Não adianta ficar em casa e fazer festa, chamar a família ou várias famílias para ir almoçar no domingo. Esse ‘ficar em casa’ não vai adiantar nada”, concluiu.

Leia também: “Criticado, Doria abre crédito de R$ 100 milhões ao comércio”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

7 comentários

  1. Eu gostaria de saber cadê os leitos e hospitais que até agora não falaram que já providenciaram, porque para restringir eles precisam usar o dinheiro que foi liberado para eles conter a pandemia, pelo amor de Deus alguém faça alguma coisa, estão querendo descer guela baixo a ditadura.

  2. Querem é separar as pessoas, às famílias, e também tirar o poder do povo
    Porque onde existe unidade a vitória então se tivermos juntos eles não podem nos vencer

    Outra coisa também não se dão bem a com a família e querem tirar este privilégio dos que amam suas famílias de estarem juntos

    1. Os funcionários não tem nada com as atrocidades deste governo ditatorial.Este homem está ficando louco pela inépcia,nada que ele faz da’ certo é um incompetente.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.