Feliciano faz outra pessoa assumir o seu erro

Marco Feliciano obriga prestador de serviço a assumir um erro seu no Twitter.
-Publicidade-
Deputado federal Marco Feliciano (Sem Partido/SP) em evento religioso.
Crédito: Marco Feliciano/Facebook
Deputado federal Marco Feliciano (Sem Partido/SP) em evento religioso. Crédito: Marco Feliciano/Facebook

Prestador de serviço assume engano do deputado e cria Twitter para se desculpar.

Marco Feliciano Participa de culto.

-Publicidade-

Um dos maiores defensores do presidente Jair Bolsonaro, o deputado federal Marco Feliciano (Sem Partido/SP), passou por uma situação – no mínimo – desagradável no Twitter na tarde desta segunda-feira, 2/03.

Em um post, o deputado colocou um print de um tuíte seu e disse que o PT o havia bloqueado na rede social. Porém, como se pode ver abaixo, o perfil do parlamentar é que havia bloqueado o do PT.

Imagem do Twitter que mostra que o deputado que bloqueou o PT

Logo após publicar a “denúncia”, o deputado começou a receber alertas dos seus seguidores de que ele,  na verdade, é que havia bloqueado o PT. A postagem acabou sendo apagada e um prestador de serviços do deputado, o jornalista Bruno Borges, assumiu o erro.

Assessor de Feliciano assume ter bloqueado Twitter do PT

Fontes ouvidas pela Oeste afirmaram que o erro foi do próprio deputado, que fez o Bruno Borges criar uma conta no Twitter para assumir a culpa. O perfil de Borges foi criado hoje e só tem ali escrito o pedido de desculpa para Feliciano.

Bruno Borges é responsável pela gestão das redes sociais de Marco Feliciano e, segundo o Portal da Transparência da Câmara dos Deputados, recebe R$ 5 mil reais por mês para isso. E, ao que parece, para assumir os erros do deputado também.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site