-Publicidade-

Filha de Fernandinho Beira-Mar toma posse como vereadora

A dentista Fernanda Costa (MDB-RJ) recebeu 3.999 votos
Fernanda Costa assumirá mandato na vaga de Sandro Lelis, ex-presidente da Câmara Municipal de Duque de Caxias
Fernanda Costa assumirá mandato na vaga de Sandro Lelis, ex-presidente da Câmara Municipal de Duque de Caxias | Foto: Reprodução/Facebook

A dentista Fernanda Costa (MDB-RJ), filha do traficante Fernandinho Beira-Mar, assumiu nesta segunda-feira, 4, uma cadeira de vereadora em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Ela é a primeira-suplente do partido e ocupará o posto após o prefeito Washington Reis, também do MDB, ter nomeado um dos membros da bancada como secretário.

Fernanda Costa, 32, recebeu 3.999 votos e foi a oitava vereadora mais votada do MDB no município — que tem 855 mil habitantes, segundo estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), e é o terceiro maior colégio eleitoral do Rio de Janeiro.

Ela assumirá o mandato na vaga de Sandro Lelis, ex-presidente da Câmara Municipal da cidade, que vai comandar a Secretaria Municipal de Serviços Públicos. A informação foi confirmada em nota pela prefeitura de Duque de Caxias.

Fernanda disputou em 2020 sua segunda eleição — ela já havia tentado se eleger vereadora na cidade em 2016, pelo Partido Progressista (PP), mas não conseguiu vaga na Câmara.

Leia também: “O crime acima de todos”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

10 comentários

    1. Sim. A não ser que ela seja rompida com o pai, duvido que ele não tenha utilizado seu “soft power” para conseguir os votos que ela precisaria para ser eleita. Ainda mais em Duque de Caxias, município repleto de favelas assoladas pelo Comando Vermelho. Nem digo que ela tenha más intenções para além de conseguir uma boquinha, mas achar que ela venceu pelos próprios méritos, sinceramente…. Tsc, tsc, tsc.

  1. Filha de peixe, peixinho é.
    Duvido que essa dentista está querendo entrar na política, para o bem do povo,
    Duvido que ela vai apoiar qualquer pauta contra bandidos, traficantes e corruptos.
    Se ela realmente quisesse ser diferente do pai ela continuaria como dentista, uma profissão respeitada, a sua escolha só mostra a que veio.
    Coitados dos cariocas, só tem bandidos espalhados por todo estado, ou então filhos, parentes e amigos de bandidos.
    O Rio é a cidade maravilhosa dos lixos humanos, protegidos pela vergonhosa suprema côrte.
    O Rio de Janeiro continua “lindo”

  2. O perigoso chefe da organização criminosa têm filhos e parentes envolvidos no mundo do crime. Essa filha pode ser exceção, mas é muito difícil acreditar que não tenha recebido “ajuda” para se eleger e assumir a vaga na câmara vereadora. As organizações criminosas ligadas ao tráfico de drogas estão infiltradas em diversos setores da sociedade, especialmente nos poderes legislativo, executivo e provavelmente judiciário. Na baixada fluminense, então, parece ser comum membros de facção ocuparem cargos públicos. Além disso, temos no País organizações criminosas formadas por políticos e empresários NÃO egressos do tráfico de drogas, mas como os da lava jato, por exemplo, que têm proteção e “ajuda” por representantes do próprio Estado. É uma desgraça!!!

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês