-Publicidade-

‘Fiquei feliz’, afirma Bolsonaro sobre protestos contra medidas restritivas

Presidente garantiu que dará ‘resposta’ à população nesta quinta-feira, 18, durante sua live semanal
Jair Bolsonaro diz estar contente com as manifestações de domingo 14
Jair Bolsonaro diz estar contente com as manifestações de domingo 14 | Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro disse ontem, quarta-feira 17, que “logicamente” ficou feliz com as manifestações, registradas no domingo 14 em diversas cidades do país, contra as medidas restritivas impostas por governadores. Durante conversa com apoiadores, o presidente garantiu, ainda, que dará “uma resposta” a eles nesta quinta-feira, 18, durante sua live semanal nas mídias sociais. “Logicamente, eu fiquei feliz. Acho que o Brasil todo gostou. [As manifestações] Mostraram que o povo está vivo, os sentimentos democráticos estão aí, valendo”, afirmou. “Queremos a nossa liberdade, queremos que todo mundo respeite a Constituição, está certo? Pode deixar, que a gente vai dar uma resposta para o pessoal na live de quinta-feira”, concluiu.

Leia também: “Bolsonaro irá ao Congresso oficializar volta do auxílio”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

3 comentários

  1. É Capitão, a resistência passou dos limites suportáveis.
    Nunca fizeram absolutamente nada respeitando a ética, honradez, sentido patriótico e qq coisa que proteja as famílias e a nossa fé.
    Agora tiram nossa dignidade, O TRABALHO.
    Ensina-nos a afastar essas pulhas, esses borra-botas, sem invocar a determinação das FFAA!!! Estamos esgotados e preocupados com o desfecho final, que acontecendo nas ruas, marcarão provavelmente o momento mais triste de nossa historia.

  2. As manifestações do dia 14, não se restringiram apenas às medidas restritivas impostas à população. Este era apenas um dos temas. O movimento que contou com vários participantes em várias partes do País abordou outros assuntos tão ou mais importantes do que este.

  3. Assisto todas as lives do presidente na JP, mas penso desnecessário que em grave momento da pandemia, o presidente agradeça ou enalteça manifestações que apesar de democráticas, ordeiras, pacificas e verde amarelas, ainda não são necessárias para defender a Lei e a Ordem, até porque delas participam crianças, adolescentes, adultos e idosos que tem elevados riscos.
    Vamos primeiro envidar esforços e seguir as recomendações de higiene e proteção e quando todos vacinados como sugere o ministro da saúde, sairmos as ruas como fizemos naquelas grandiosas manifestações pelo impeachment e combate a corrupção.
    Preocupa-me é a exposição do presidente aos comentários de ódio dos decadentes e desonestos meios tradicionais de comunicação como o Estadão, que culpam Bolsonaro pela volta do Lula. Dá para entender tanta insanidade e ódio?

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.