Fux lamenta assassinato de juíza morta pelo ex-marido na frente das filhas

Autor do crime havia sido enquadrado na Lei Maria da Penha em setembro
-Publicidade-

Autor do crime havia sido enquadrado na Lei Maria da Penha em setembro

Viviane Arronenzi
Juíza Viviane Arronenzi | Foto: Reprodução/Redes Sociais
-Publicidade-

O presidente do Supremo Tribunal Federal, Luiz Fux, lamentou nesta sexta-feira, 25, o assassinato da juíza Viviane Vieira do Amaral Arronenzi, de 45 anos.

Ela foi morta a facadas pelo ex-marido, Paulo José Arronenzi, na véspera de Natal, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. As filhas pequenas presenciaram a cena. Ele foi preso.

Leia mais: “Barroso mantém Marcos Valério, do mensalão, em domiciliar”

Em nota, Fux se comprometeu com o desenvolvimento de ações para prevenir e erradicar a violência domésticas contras as mulheres.

“Tal forma brutal de violência assola mulheres de todas as faixas etárias, níveis e classes sociais, uma triste realidade que precisa ser enfrentada”, disse o ministros.

Paulo José Arronenzi
Paulo José Arronenzi foi preso por matar ex-mulher | Foto: Reprodução

O autor do crime já havia sido enquadrado na Lei Maria da Penha em setembro. A juíza chegou a ter escolta com dois carros de segurança. No entanto, posteriormente, a vítima assinou um termo dispensando a proteção.

O ministro Gilmar Mendes também se pronunciou e disse que o feminicídio é endêmico no Brasil.

“O gravíssimo assassinato da Juíza Viviane Arronemzi mostra que o feminicídio é endêmico no país: não conhece limites de idade, cor ou classe econômica”.

Ele defendeu que o combate “a essa forma bárbara de criminalidade quotidiana contra as mulheres deve ser prioritário”.

O Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro “lamentou profundamente a morte da juíza Viviane Vieira do Amaral Arronenzi, vítima de feminicídio na Barra da Tijuca”.

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site