Gabriel Boric toma posse no Chile; Mourão e Dilma marcam presença

Posse ocorreu na cidade de Valparaíso, onde fica a sede do Congresso Nacional do país
-Publicidade-
Após a posse, novo presidente do Chile, Gabriel Boric, discursou em Santiago | Foto: Reprodução/Redes sociais
Após a posse, novo presidente do Chile, Gabriel Boric, discursou em Santiago | Foto: Reprodução/Redes sociais

Tomou posse nesta sexta-feira, 11, como presidente do Chile o esquerdista Gabriel Boric, de 36 anos. Ele se tornou o mandatário mais jovem da história do país sul-americano.

A posse ocorreu na cidade de Valparaíso, onde fica a sede do Congresso Nacional do Chile, a cerca de 100 quilômetros da capital, Santiago. Em clima amigável, o socialista recebeu a faixa presidencial do agora ex-presidente, Sebastián Piñera, conservador.

-Publicidade-

O presidente Jair Bolsonaro (PL) não compareceu à cerimônia e foi representando pelo vice-presidente, Hamilton Mourão (PRTB). A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) também esteve presente, como convidada de Boric. O ex-presidente Lula (PT) foi convidado, mas não compareceu.

Dilma estava ao lado do presidente argentino, Alberto Fernández. Ao passar por eles, o novo chefe de Estado chileno deu um forte abraço na ex-mandatária brasileira, que sofreu um processo de impeachment.

Entre diversos chefes de Estado, estiveram presentes na cerimônia o rei Felipe 6º, da Espanha, e os presidentes Guillermo Lasso (Equador), Mario Abdo Benítez (Paraguai), Luis Arce (Bolívia) e Lacalle Pou (Uruguai).

Panorama

O esquerdista governará com um Congresso dividido, com o qual será necessário realizar acordos para viabilizar projetos, como a reforma do sistema tributário. Ele será presidente durante a Assembleia que vai definir uma nova Constituição para o Chile.

Em seu programa de governo, as principais propostas são “o feminismo, o ambientalismo e a descentralização do poder”. O presidente eleito também defende a legalização do aborto, além de um Estado social-democrata.

Até agora um dos principais destaques do novo governo é seu viés feminista. Dos 24 ministros já anunciados por Boric, 14 são mulheres.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

19 comentários Ver comentários

  1. Vejo um lado bom da esquerda tomar o poder no Chile.
    Vou parar de ouvir, que o Chile é o pais de maior renda e qualidade de vida da América do Sul. Agora, é apenas o Brasil! 🇧🇷

  2. Dilma vai ajudar ele governar (ou preparar ele para o impeachment), pois ela é boa de matemática, Vai ajudar ele a governar com 25% de 30% quando ele começar a quebrar o Chile, e todos vão ganhar (falência do país) quando todos perderem.

  3. Chile repetindo a Argentina ao escolher um comunista para destruir o país. Eu lembro que a esquerda chilena, seus militantes, tem atacado as Igrejas Católicas há vários anos. Recentemente, uma feminista que invadiu e ajudou a destruir uma paróquia católica no Chile, esfregou a Sagrada Eucaristia em seus genitais, sim, isso é muito chocante, mas comunistas são ateus e não temem punições de Deus. Claro, eles também depredam metrô, ônibus, lojas, etc. Aí, vem o povo de uma nação que prosperava e elege um sujeito desses. Quando a fome apertar, e será em breve, irão querer Pinochet de volta. Será um tarde.

  4. Como um governo comunista diz pretender descentralizar o poder? Talvez o neurônio solitário de Rousseff possa dar uma extensa palestra, utilizando-se do seu característico “Dilmês” que carece de sujeito, predicado e, muitas vezes, utiliza-se de neologismos inexplicáveis.

  5. Gravata governa? Caráter, respeito a CF e aos cidadãos de seu país é que deve ser visto. Temos um fdp na presidência dessa merda de país que aparelhou a porra toda e está acabando com o país e tem babaca se preocupando com a gravata do cara do Chile, não querem ver o pai dele não. Babacas pobre de direita, idiotas.

      1. Kkkkkkkk, esse foi o melhor comentário que eu li, esse fdp desse sindicalista não tem educação e nem moral pra ficar atacando a todos em seus comentários.

  6. Essa coisa de estar sem gravata é típica de vagabundo latino-americano. O truque não é novo. Uma certeza: vai dar merda. Cuidados dos chilenos….

  7. Esse começou bem demais. Nem uma gravata colocou para essa cerimônia em respeito ao cargo, ao país e aos convidados. É assim que esse tipo de político assume a responsabilidade por uma nação. Quer apostar que em 6 meses o país estará arrasado?

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.