Gilmar Mendes resume o que foi discutido em Lisboa

Ministro do STF organizou o IX Fórum Jurídico realizado em Portugal
-Publicidade-
Para Mourão, 'Gilmar Mendes desceu do pedestal' | Foto: Rosinei Coutinho/SCO/STF
Para Mourão, 'Gilmar Mendes desceu do pedestal' | Foto: Rosinei Coutinho/SCO/STF | Foto: Rosinei Coutinho/SCO/STF

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes resumiu os principais temas debatidos no IX Fórum Jurídico de Lisboa.

Naquele país, o juiz do STF organizou o evento. As declarações do magistrado constam em um vídeo que circula nas redes sociais. Assista:

Toffoli e Temer no seminário de Gilmar Mendes

Conforme noticiou Oeste, o ministro do STF Dias Toffoli também participou do seminário de Gilmar Mendes e defendeu a adoção do semipresidencialismo.

“Nós já temos um semipresidencialismo com um controle de poder moderador que hoje é exercido pelo STF”, disse Toffoli. “Basta verificar todo esse período da pandemia.”

Segundo Toffoli, a atuação do STF, ao lado do Congresso Nacional, foi fundamental para atenuar os impactos do novo coronavírus no país.

“Governar não é fácil no Brasil”, observou Toffoli. “O sistema presidencial tem muita força, mas o Parlamento é a centralidade, na medida em que é no Parlamento que se formam os consensos das elites regionais, sendo a Justiça sua fiadora.”

Entre outros políticos que participaram do fórum, o ex-presidente Michel Temer (MDB) discursou para os presentes. Segundo o emedebista, o semipresidencialismo tem de ser adotado no Brasil.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

16 comentários Ver comentários

  1. Os rábulas subversivos togados demonstram suas intenções políticas para destruir de vez a democracia brasileira. Não conheço nenhum país que exista semi presidencialismo. Tenho nojo dessa corja de subversivos. Esse velho caquético que colocou um dos ditadores, que é um dos semi presidentes de bosta, Alexandre Her Hitler de Morães já deveria ter se aposentado da política.

  2. Cada vez mais , fica claro a necessidade de um freio de arrumação nessa zona. Não é possível nem tolerável a inércia dos verdadeiros detentores do poder diante de tanta boçalidade e violência destes vermes de toga. Eles estão fazendo o jogo de interesses internacionais que querem nos ver reféns para sempre. Além disso representam a máfia criminosa e política que domina o país. Socorro Forças Armadas do Brasil!!!! Socorro.

  3. Estamos cansados de farsas
    ESSA BOCARRA DW GILMAR É EXECRÁVEL?, É A PRÓPRIA FARSA.
    Como moro se calçar em Joaquim Barbosa para justificar suas fraquezas.

  4. Ministros do STF patrocinados por empresas, sabe-se lá com quais interesses se reúnem em Lisboa, recebendo seus gordos salários pagos pelo povo brasileiro para tramar um golpe de estado no Brasil. Deveriam estar todos presos, a começar por este beiçola asqueroso.

  5. Fim do mundo este Senado refém ,pelos membros corruptos, não faz nada para acabar com estes absurdos. STF inventando lei e não temos para quem reclamar. Pra que serve o Senado??!!!

  6. Desde quando esse papel é de competência de ministros do STF? Esses caras a única coisa que eles fazem é cumprir leis e a Constituição Brasileira.

  7. Por mim que voltássemos à monarquia e Luiz Philippe de Orleans e Bragança assumisse o poder moderador. No descendente da família real eu confio. Quanto aos colocados pelo PT digo que são lobos em pele de cordeiro.

  8. Isso não é golpe? Instalar um regime semipresidencialista e um STF como poder MODERADOR não tem que fazer nova Constituição? Para que ir ao meu querido Portugal falar tanta asneira, quando nossas preocupações são as reformas estruturantes, POLÍTICA para reduzir essa enorme gordura das Casas Legislativas, JUDICIÁRIA para adequar essa gorda estrutura ao desenvolvimento tecnológico digital, e adequá-los às normas trabalhistas dos demais cidadãos brasileiros (férias de 30 dias, etc), reforma administrativa e tributária e uma grande reforma Moral e Intelectual para sabermos interpretar a Constituição sem devaneios para estarmos em verdadeira Democracia e na tumultuada instabilidade jurídica que vivemos.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.