Governo de SP aciona Justiça contra Ministério da Saúde

Gestão tucana alega que foram repassadas 228 mil doses de um total de 456 mil a que São Paulo teria direito
-Publicidade-
João Doria é governador de São Paulo
João Doria é governador de São Paulo | Foto: Roberto Casimiro/FotoArena/Estadão Conteúdo

O governo de São Paulo anunciou nesta quinta-feira, 5, que vai entrar na Justiça contra o governo federal em virtude da redução na quantidade de vacinas enviadas para o Estado no último repasse de doses da Pfizer. A gestão estadual afirma que foram repassadas 228 mil doses de um total de 456 mil a que São Paulo teria direito.

“Acionaremos o Poder Judiciário para discutir o critério adotado e o porcentual operacionado na data de ontem”, disse a procuradora-geral do Estado, Lia Porto, em coletiva de imprensa. Conforme noticiou Oeste, o Ministério da Saúde garante que não há prejuízo para nenhuma unidade da Federação na distribuição dos imunizantes.

São Paulo suspende vacinação de adolescentes

-Publicidade-

Por causa de todo esse imbróglio, o governo de São Paulo anunciou que a data do início da vacinação para adolescentes no Estado ficará em aberto até que o repasse de doses feito pelo Ministério da Saúde seja restabelecido.

Leia também: “Governo de SP suspende vacinação de adolescentes até chegada de doses”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário

  1. Mas o todo-poderoso governador cor-de-rosa aí não é aquele que se gabava de ter comprado as primeiras doses desse mijo-de-chinês que adquiriu de seus patrões orientais com o dinheiro dos paulistas? Teve até uma cerimônia para dar início à sua campanha estadual e que posteriormente iria fornecer para os estados do nordeste, etc… etc…. E então? Está reclamando do que, Doriana? Lembro muito bem disso.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro