Governo estuda remanejar R$ 10 bilhões para obras no Norte e Nordeste

Congressistas e governo estudam a possibilidade de remanejar sobras de recursos da covid para bancar obras de infraestrutura
-Publicidade-
O rompimento ocorreu em uma tubulação na Barragem Jati | Foto: Isac Nóbrega/PR
O rompimento ocorreu em uma tubulação na Barragem Jati | Foto: Isac Nóbrega/PR | Vazamento

Congressistas e governo estudam a possibilidade de redistribuir sobras de recursos da covid para bancar infraestrutura

obras
Financiamento de obras deve entrar na Lei Orçamentária de 2021 | Foto: Isac Nóbrega/PR

O governo recebeu do Congresso a sugestão de remanejar R$ 10 bilhões para custear obras de infraestrutura no Norte e no Nordeste. O montante viria de recursos liberados para combate à covid-19 e que não deverão ser utilizados até o final deste ano.

-Publicidade-

A proposta foi apresentada ao governo nesta semana pelo senador Márcio Bittar (MDB-AC). O emedebista é relator da proposta orçamentária de 2021 no Congresso.

“A verba da covid não tem como chegar a todos eles [entes federados] na ponta. Deve ter uns R$ 10 bilhões que não devem chegar. Foi muito dinheiro. Meu Estado [Acre] não deve gastar tudo que recebeu em saúde, vai sobrar para investimento”, afirmou Bittar.

De acordo com congressistas, a ideia tem ganhado força dentro do governo e com apoio dos parlamentares poderá ser incluída no orçamento do ano que vem. “O setor privado não tem interesse em muitas obras dessas regiões. Então seria importante que o governo conseguisse financiá-las”, disse o senador.

Conforme Oeste mostrou, o presidente Jair Bolsonaro tem se esforçado para destinar mais recursos para essas regiões, principalmente após o crescimento de sua popularidade no Nordeste. Na semana passada, o programa Casa Verde e Amarela trouxe, por exemplo, taxas de juros menores para o Norte e o Nordeste em relação ao restante do país.

Lei Orçamentária

Ademais, o governo corre contra o tempo para finalizar o texto do Projeto de Lei Orçamentária Anual (Ploa) de 2021. Além desse possível remanejamento de recursos para obras, a proposta deverá conter o esboço do novo Renda Brasil. O prazo para protocolar a proposta termina na próxima segunda-feira, 31.

“Eu superdefendo esse remanejamento de recursos para financiar as obras do Norte e do Nordeste. Isso será fundamental para retomarmos a economia”, endossou o senador Ciro Nogueira (PP-PI).

 

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.