Governo pede à Fiocruz que divulgue cloroquina para tratamento inicial de covid-19

Documento enviado pelo Ministério da Saúde considera estratégico o uso do medicamento para reduzir os infectados pelo coronavírus
-Publicidade-
Hidroxicloroquina | Foto: REPRODUÇÃO/AGÊNCIA BRASIL
Hidroxicloroquina | Foto: REPRODUÇÃO/AGÊNCIA BRASIL | Hidroxicloroquina | Foto: REPRODUÇÃO/AGÊNCIA BRASIL

Documento enviado pelo Ministério da Saúde considera estratégico o uso do medicamento para reduzir os infectados pelo coronavírus

governo
Governo já recebeu dos EUA 2 milhões de comprimidos de hidroxicloroquina
Foto: REPRODUÇÃO/AGÊNCIA BRASIL
-Publicidade-

O Ministério da Saúde solicitou à Fiocruz que recomende e divulgue o uso da hidroxicloroquina e cloroquina no tratamento precoce de pacientes com covid-19. Em nota divulgada ontem, a entidade confirmou o recebimento do ofício e informou que “está ciente das orientações do governo sobre o uso ‘off label’ (quando o remédio é utilizado para uma indicação diferente daquela que foi autorizada pelo órgão regulatório) da cloroquina e da hidroxicloroquina contra a covid-19″. Além disso, a instituição informou que “entende ser de competência dos médicos sua possível prescrição”.

Conforme antecipou Oeste, o medicamento ajuda no combate à doença provocada pelo coronavírus. A reportagem entrevistou várias pessoas infectadas pelo patógeno. Segundo elas, ao usarem o remédio administrado com outras substâncias, obtiveram melhora no quadro clínico. Isso porque ele age nas células, bloqueando os mecanismos de ação do coronavírus. Ainda, inibe a replicação viral ao alterar a capacidade da célula de produzir proteína. Quando a célula passa a produzir menos proteína, a replicação viral enfraquece. Portanto, a doença é mais branda.

Quer saber mais sobre a cloroquina? Leia a reportagem “A solução que venceu a ideologia”, publicada na edição n° 3 de Oeste

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.