Guedes: há senadores falando em tirar precatório do teto, é um erro grave

Ministro da Economia quer que o Senado aprove a versão da PEC dos Precatórios enviada pela Câmara dos Deputados
-Publicidade-
Ministro da Economia, Paulo Guedes | Foto: Washington Costa/ASCOM/ME
Ministro da Economia, Paulo Guedes | Foto: Washington Costa/ASCOM/ME

O ministro da Economia, Paulo Guedes, aproveitou nesta quarta-feira, 17, a participação em um fórum do Bradesco BBI para pressionar os senadores a aprovar a versão da PEC dos Precatórios enviada pela Câmara dos Deputados.

O ministro considerou um “grande erro”, capaz de comprometer o crescimento previsto pelo governo para o ano que vem, a ideia de senadores de retirar o pagamento dos precatórios da regra do teto. “É um grande erro por deixar as ordens judiciais como gastos incontroláveis. Os prêmios de risco subirão”, afirmou.

-Publicidade-

Segundo Guedes, a proposta colocaria em risco a arquitetura fiscal, por os precatórios serem uma despesa “incontrolável”, tendo como consequência provável a elevação dos prêmios de risco cobrados por investidores para financiar a dívida pública.

“Estou preocupado que não conseguiremos crescer se ameaçarmos a arquitetura fiscal. Mas ainda tenho esperança que vão aprovar as propostas originais da PEC”, suavizou Guedes.

Com informações do Estadão Conteúdo

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.