Guedes pede a Maia e Alcolumbre “blindagem” da economia brasileira

Guedes recebeu Davi Alcolumbre para discutir as propostas da pauta econômica prioritária para o governo
-Publicidade-
O presidente Jair Bolsonaro  e o ministro da economia, Paulo Guedes falam à imprensa
O presidente Jair Bolsonaro e o ministro da economia, Paulo Guedes falam à imprensa

Depois, Guedes recebeu Davi Alcolumbre para discutir as propostas da pauta econômica prioritária para o governo

O ministro da Economia, Paulo Guedes, pediu nesta terça-feira, 10, que o Congresso aprove propostas que atendem à “necessidade de blindagem da economia brasileira” frente ao atual cenário econômico.

-Publicidade-

A posição foi enviada, por meio de ofício, aos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP).

Guedes defendeu a aprovação de 19 propostas que são consideradas prioritárias para a pauta econômica. São 16 projetos de lei ou medidas provisórias e três propostas de emenda à Constituição:

“Trata-se de matérias infraconstitucionais que já estão em tramitação e que são extremamente relevantes para resguardar a economia do país, aumentar a segurança jurídica para os negócios e atrair investimentos”, disse Guedes.

Entre as propostas estão a autonomia do Banco Central; a privatização da Eletrobras; a medida provisória do Programa Verde Amarelo; e os novos marcos legais de gás, setor elétrico, saneamento básico, ferrovias e concessões.

Guedes fez o pedido ao parlamento em um cenário internacional marcado por incertezas a respeito do surto causado pelo novo coronavírus.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.