Imposto temporário sobre grandes fortunas está pronto para votação

IGF teria duração de dois anos, e o montante arrecadado se destinaria ao combate ao coronavírus [caption id="attachment_240339" align="alignnone" width="1920"] Foto: Pedro França/Agência Senado[/caption] O projeto de lei que cria…
-Publicidade-
Foto: Pedro França/Agência Senado
Foto: Pedro França/Agência Senado

IGF teria duração de dois anos, e o montante arrecadado se destinaria ao combate ao coronavírus

Foto: Pedro França/Agência Senado
-Publicidade-

O projeto de lei que cria o IGF, Imposto sobre Grandes Fortunas, está pronto para ser votado na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado.

Os recursos arrecadados serão direcionados ao sistema de saúde para amenizar as consequências econômicas geradas pelo coronavírus.

O autor do projeto, senador Plínio Valério (PSDB-AM), estima que o mecanismo arrecade anualmente entre R$ 70 bilhões e R$ 80 bilhões.

O relator, senador Major Olímpio (PSL-SP), é favorável ao texto, mas fez uma mudança significativa em relação à proposta original: tornou o imposto temporário, com duração de apenas dois anos.

A proposta prevê que o IGF incidirá sobre patrimônio líquido superior a R$ 22,8 milhões, com alíquotas que vão de 0,5% a 1%.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.