Indústria depende de políticas de isolamento vertical para não iniciar ciclo de demissões

Empresários da indústria sustentam que, sem retomada responsável da atividade econômica, indústria vai sofrer o desaquecimento e começar a eliminar postos de trabalho
-Publicidade-
Articulação sobre as emendas é da responsabilidade da Secretaria de Governo, chefiada pelo ministro-chefe Luiz Eduardo Ramos (D) | Foto: Divulgação/Fieb
Articulação sobre as emendas é da responsabilidade da Secretaria de Governo, chefiada pelo ministro-chefe Luiz Eduardo Ramos (D) | Foto: Divulgação/Fieb
Presidente da Federação das Indústrias da Bahia, Ricardo Alban (E), conversa com o ministro-chefe da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos | Foto: Divulgação/Fieb

O fôlego da indústria depende de medidas do isolamento vertical. Os empregos no setor ainda não foram impactados, mas também serão se o setor de serviços não gerar volume de receitas e o comércio não vender. Se a economia não girar, os produtos nos parques fabris ficarão encalhados e as demissões serão uma consequência inevitável. É o que adverte o presidente da Federação das Indústrias da Bahia (Fieb), Ricardo Alban.

-Publicidade-

Se em até 40 dias a atividade econômica não se recompuser, a previsão é de que os industriais não terão mais ferramentas para reter a mão de obra. “Comércio, bares e restaurantes têm um efeito mais imediato. Na indústria, o impacto é mais retardado, seguramos em um primeiro momento os empregos. Mas, se nada mudar, em algum momento vamos ter processo de demissão”, alerta. 

Sem a retomada da atividade, ainda que de forma responsável, protegendo os idosos, a tendência é as empresas utilizarem o artifício das férias coletivas. “O salário da indústria é muito maior que o de outras atividades e temo que qualquer ajuda de custo que o governo venha a dar, apesar de importante, ainda será pouco em relação a outras necessidades básicas”, analisa.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

3 comentários

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site