Judiciário e Legislativo deveriam deixar de atrapalhar quem produz

É o que argumenta Ubiratan Jorge Iorio, em artigo publicado na Edição 78 da Revista Oeste
-Publicidade-
Judiciário e Legislativo deveriam deixar de atrapalhar os agentes econômicos
Judiciário e Legislativo deveriam deixar de atrapalhar os agentes econômicos | Ilustração: Gabriel de Oliveira/Revista Oeste

Em artigo publicado na Edição 78 da Revista Oeste, Ubiratan Jorge Iorio argumenta que o Judiciário e o Legislativo deveriam deixar de atrapalhar as decisões dos agentes econômicos e se limitarem a desempenhar exclusivamente o seu importante papel institucional.

Leia um trecho

“A afirmativa de que instabilidades produzem efeitos desastrosos para o bom funcionamento das atividades econômicas parece ser trivial, intuitiva e dispensar maiores explicações. Entretanto, malgrado essa sensação de chuva no molhado, é importante ressaltar os efeitos devastadores provocados por volatilidades institucionais associadas ao atual desequilíbrio entre os Três Poderes, porém destacando certas características dos atos econômicos que geralmente são esquecidas pela maioria dos analistas.

-Publicidade-

Qualquer ser pensante no Brasil que não se deixe pautar pela chamada ‘mídia tradicional’ sabe que vivemos tempos de uma brutal instabilidade jurídica e política, como nunca se imaginou um dia que pudesse acontecer simultaneamente. As causas principais são duas, ambas óbvias. A primeira — e maior — é o ativismo jurídico descabido, inédito e injustificável, e a segunda mora também na Praça dos Três Poderes, mais especificamente, no Congresso, é a cizânia política.”

Gostou? Dê uma olhada no conteúdo abaixo.

Revista Oeste

A Edição 78 da Revista Oeste vai além do artigo de Ubiratan Jorge Iorio. A publicação digital conta com reportagens especiais e artigos de J. R. Guzzo, Augusto Nunes, Silvio Navarro, Branca Nunes, Theodore Dalrymple, Rodrigo Constantino, Guilherme Fiuza, Cristyan Costa, Dagomir Marquezi e Ana Paula Henkel.

Startup de jornalismo on-line, a Revista Oeste está no ar desde março de 2020. Sem aceitar anúncios de órgãos públicos, o projeto é financiado diretamente por seus assinantes. Para fazer parte da comunidade que apoia a publicação digital que defende a liberdade e o liberalismo econômico, basta clicar aqui, escolher o plano e seguir os passos indicados.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.