Revista Oeste - Eleições 2022

Juiz absolve Aécio Neves de acusação de ter recebido R$ 2 milhões em propina da J&F

Joesley Batista gravou ex-senador pedindo o dinheiro
-Publicidade-
Gravação de Aécio foi entregue por Joesley ao MPF no acordo de delação premiada com a Operação Lava Jato
Gravação de Aécio foi entregue por Joesley ao MPF no acordo de delação premiada com a Operação Lava Jato | Foto: José Cruz/Agência Brasil

Ali Mazloum, juiz da 7ª Vara Criminal de São Paulo, absolveu o deputado federal Aécio Neves (PSDB) da acusação de recebimento de R$ 2 milhões em propina de Joesley Batista, da J&F. A decisão foi proferida na quinta-feira 10.

Andrea Neves, irmã de Aécio, Frederico Pacheco de Medeiros, primo do deputado, e o ex-assessor parlamentar Mendherson Souza Lima também conseguiram a absolvição.

-Publicidade-

A denúncia contra Aécio Neves

Segundo o Ministério Público Federal (MPF), entre fevereiro e maio de 2017, quando Aécio Neves era senador, ele e Andrea Neves pediram R$ 2 milhões a Joesley Batista. Em troca, o político atuaria em favor da JBS no Congresso.

O montante foi pago em quatro parcelas de R$ 500 mil e recebidos por Frederico Pacheco e Mendherson Lima, conforme denúncia do MPF.

No entanto, o magistrado Mazloum considerou que “a denúncia é improcedente” e que “está provada a inexistência do crime de corrupção passiva narrado pela PGR”. Para o magistrado, não há provas de que Aécio tenha prometido usar o cargo para beneficiar a J&F em troca de propina.

Gravação

Aécio Neves foi gravado por Joesley Batista acertando o pagamento de R$ 2 milhões em 2017. A gravação foi entregue pelo empresário ao MPF no acordo de delação premiada com a Operação Lava Jato.

Em um dos trechos da conversa, quando eles falam sobre quem receberia e entregaria o dinheiro, o deputado diz: “Tem que ser um que a gente mata ele antes de fazer delação”.

Além disso, um vídeo mostra o executivo da J&F Ricardo Saud entregando dinheiro a Frederico Pacheco, primo de Aécio Neves. Na ocasião em que foi revelado o conteúdo da delação premiada de executivos da JBS, Aécio alegou que pediu o dinheiro como um empréstimo, em uma transação de caráter particular, para pagar advogados.

Leia também: “O campeão nacional do calote”, artigo de Augusto Nunes publicado na Edição 101 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

25 comentários Ver comentários

  1. Alguém se lembra de um único caso de corrupção q o judiciário de SP tenha punido?

    Por que Aécio pó Neves foi julgado em SP? Esse é o foro correto?

    Com essa “justiça” é muito difícil q o Brasil se livre dos bandidos em todos os níveis !

  2. Será que tem grana nisto? Ninguém desconfia?
    O certo é que agora o Kalil já tem vice-governador.
    No final do ano Aécio perde o foro privilegiado? Olha, penso que nem em MG que não quer saber das orcrims pt/psdb, Aécio consegue mais guarida. Vai falar com o Sarney e tenta uma reeleição no Acre lá com o saltitante!!!

  3. Mais uma escandalosa decisão do judiciário. A justiça brasileira acabou. Se revelou uma instituição corrompida sem precedentes. Só tem um jeito: recomeçar do zero.

  4. Tempos estranhos, muito estranhos, onde a verdade e a decência deram lugar a vigaristas de toda ordem. Analisando os fatos dos últimos anos, parece que o Judiciário e o Legislativo entraram num comum acordo de se auto destruírem. Não tem o respeito da população, perderam relevância na vida pública, a maioria os vê com desdem e desprezo. Sou da planície e digo, nunca no meus 68 anos de vida, vi as pessoas tão desalentadas e indignadas com o Legislativo e Judiciário. Cuidado.

  5. Não bastassem as nossas, a máfia libanesa tomou conta da justiça Federal: só de masloum temos 4 desses desgraçados. Não tem jeito: o Brasil a c a b o u…

  6. Roube bastante para poder pagar a liberdade. Se o próprio bandido gravou o delito, como um “juiz” pode deixar tudo pra lá e livrar o corrupto? Nosso judiciário precisa ser passado a limpo de A a Z. Dói muito vermos essas discrepâncias, além das maléficas intervenções do STF no legislativo e executivo, como advogadozinhos de porta de cadeia.

  7. Neste país não existe mais justiça!!! É sempre deste jeito, notem, o sujeito FOI GRAVADO PEDINDO DINHEIRO E FALANDO COMO UM BANDIDO, não dá nada, fique quieto por dois anos, se finja de morto e depois deste período vc será liberto, ninguém se importará mesmo…

  8. “Sua excelência”, inocentou o deputado ladrão por EXCESSO DE PROVAS! a “excelência” está correto: FALTOU O ATESTADO DE PROPRIO PUNHO DO DEPUTADO RECONHECENDO SER LADRÃO.

  9. Por isso que o MP não se pronuncia com relação aos desmandos e absurdos atos que ferem a constituição promovidos pelo STF. O “Sistema” todo está aparelhado…..vivemos em um “grande ninho de cobras”…..

  10. Seria cômico se não fosse patética, asquerosa e criminosa a atuação desse pseudo Juiz de araque a favor do crime… Onde chegamos, o Brasil está na lama, no lixo e talvez, merecidamente por termos uma população conivente e preguiçosa…

  11. Há muito o Judiciário é uma lástima, um caso de polícia, o escritório do crime de bandidos famosos. Como é que o STF, a mais Instância da Justiça quer ser respeitado, se ele mesmo fomenta a impunidade dos seus comparsas?

  12. Liquidação (ou queima?) total do Judiciário!!! Bandidagem, deixai suas preocupações (se houver) de lado e aproveitai a oportunidade única (ou definitiva?). A oferta é válida só por poucos dias. Não percam!!! Já teve até umapersonalidade do mundo jurídico que disse, na maior falta de senso de justiça que não adianta prender ninguém pois o crime já havia sido consumado. “Consummatum est” segundo historiadores, Jesus Cristo falava era latim e não aramaico, murmúrio dito por ele na cruz, antes de morrer.
    Pois é agora todo criminoso pode proferir essas palavras (de preferência em latim).

  13. Mais um v3garista a soltas…kkkkkkk….isto é Brasil povão……..metem a mão, ficam ricos da noite para o dia, e ninguém devolve nada….aki chego a pensar que o cr3me comp3nsa….É lamentável

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.