Juíza processa jornalista que criticou decisão de soltar traficantes

Lourdes Helena Pacheco, da 2ª Vara do Júri de Porto Alegre, alega que Políbio Braga cometeu abuso do direito à liberdade de expressão
-Publicidade-
O jornalista Políbio Braga foi processado por suposto abuso do direito à liberdade de expressão
O jornalista Políbio Braga foi processado por suposto abuso do direito à liberdade de expressão | Foto: Divulgação

A juíza Lourdes Helena Pacheco, da 2ª Vara do Júri de Porto Alegre, moveu ação cível contra o jornalista Políbio Braga por suposto abuso de liberdade de expressão. Em 27 de março deste ano, o blogueiro criticou uma decisão da magistrada, datada de julho de 2019, que culminou na libertação de seis traficantes, presos em flagrante por porte de drogas.

No processo, a magistrada alega que Políbio Braga publicou um texto “ostensivamente ofensivo aos direitos de sua personalidade”, com intuito de unicamente atacá-la, e não de exercer críticas à decisão judicial que havia sido proferida. A juíza pede indenização de R$ 40 mil, remoção do conteúdo publicado no blog do jornalista e quebra dos IPs de 123 leitores.

Os magistrados Luiz Augusto Guimarães de Souza, da 10ª Vara Cível, e Carlos Richinitti, da 9ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ-RS), decidiram, em primeiro e segundo graus, que não haverá remoção do conteúdo publicado no blog de Políbio Braga.

-Publicidade-

Leia também: “A polícia da informação”, artigo de Augusto Nunes e Branca Nunes publicado na Edição 60 da Revista Oeste

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

9 comentários

  1. Ministros do STF estão com seus atos antidemocráticos, anticonstitucionais, ditatoriais criando monstros em outras instâncias. 07 de setembro é urgente!

  2. Pacheco é o nome dela? Entendi, defente bandido, acho que vi algo sebre esse nome em algum lugar fazendo merda também ou melhor não fazendo merda nenhuma. Sei lá estou todo confuso. Acredito que no meio dessa bagunça toda é melhor demolir a casa e começar do zero.

    1. Jamais pensei que eu fosse passar por uma ditadura….o que estamos vivendo desde o início da peste chinesa c os governadores, e no último ano c os togados, é inaceitável.

  3. Tambem tenho passado por pesadelo semelhante. E o pior, mesmo denunciando o caso do abuso que vem cometendo o Juiz no meu processo – cerceamento de defesa, junto a Corregedoria do TJMG, as coisas mudaram, ou melhor, aumentou os abusos do Juiz.

  4. E a juíza ainda quer o IP dos cento e poucos comentaristas do texto do Polibio. Ela quer processar todo mundo que deu palpite. É o fim da picada! Na realidade, isso é um exemplo de como será nossa vida se o cachaceiro ladrão for eleito. Eles vão acabar com nossa liberdade.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro