Justiça autoriza investigação contra deputado denunciado por assédio sexual

Fernando Cury (Cidadania) entra na mira do Poder Judiciário
-Publicidade-
O deputado estadual Fernando Cury, do Cidadania de São Paulo
O deputado estadual Fernando Cury, do Cidadania de São Paulo | Foto: Arquivo/Alesp

O deputado estadual de São Paulo Fernando Cury (Cidadania) está na mira do Poder Judiciário. Em dezembro de 2020, ele foi denunciado por assédio sexual pela deputada estadual Isa Penna (Psol). Agora, a Justiça paulista autorizou a abertura de investigação contra o parlamentar.

Leia mais: “PTB decide apoiar candidatura de Lira à presidência da Câmara”

-Publicidade-

A autorização da Justiça se dá por “importunação sexual”. Isa denunciou Cury após ter sido abordada pelo colega durante sessão plenária da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp). Transmissão realizada pelo próprio órgão legislativo mostra o deputado do Cidadania encostando na socialista, passando a mão em sua cintura e permanecendo por segundos atrás dela.

O desembargador João Carlos Saletti foi além de autorizar a investigação de Cury, atendendo ao pedido do Ministério Público (MP). O magistrado determinou a anexação ao inquérito dos registros de todas as câmeras da Alesp no dia — no caso, 18 de dezembro do ano passado. Ele também determinou o colhimento de depoimento dos 11 deputados presentes à sessão plenária, inclusive o presidente da Alesp, Cauê Macris.

“Um abraço por trás (que vulgarmente chamamos de encoxada)”

“Reiterando ter sido sexualmente importunada pelo deputado Fernando Cury, que lhe surpreendeu ‘com uma apalpada na lateral de seu seio direito, um abraço por trás (que vulgarmente chamamos de encoxada)’, sendo que, ainda, na ocasião ‘pôde identificar um cheiro forte de bebida alcoólica vindo do hálito e das roupas de seu agressor’”, descreve o MP no pedido atendido pela Justiça.

Fernando Cury

Deputado estadual pelo Cidadania, Fernando Cury entrou na mira de seu próprio partido após ter sido denunciado por assédio sexual. A legenda chegou a afastá-lo e abrir processo em seu conselho de ética. Além disso, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) pediu a cassação do congressista.

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comment

  1. Revi várias vezes a cena e não fiquei convencido de que houve assédio ou importunação. Torço para que o deputado seja julgado com a máxima isenção.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site